domingo, 10 de maio de 2009

Covarde Oficial

.
Enquanto as rodovias federais desaparecem entre os buracos e projetos de hidrovias são lançados ao vento, Luiz Antonio Pagot, diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), se ocupa com ações de intimidação a jornalistas.
Desde 2008, ele tenta calar Adriana Vandoni, responsável pelo blog “Prosa e Política”.
No início da descabida perseguição, Pagot optou por interpelar judicialmente a “blogueira”.
Diante do fracasso da investida, o passo seguinte foi processá-la criminalmente.
Na ação, o diretor do DNIT não pleiteia indenização, retratação ou reparação, mas sugere a prisão da editora do blog.
Não satisfeito, o responsável pelas péssimas condições das estradas brasileiras insinua que Vandoni se dedica a difamá-lo na imprensa nacional.
Pagot é um covarde que usa a truculência típica da ditadura como barricada para seus desmandos.
Fonte: Ucho Info
COMENTO: é a democracia petralha em ação. É garantida a liberdade de expressão desde que só se fale bem da quadrilha. Bando de canalhas. Esse patife devia estar preocupado com o mau estado das estradas e a roubalheira dos pedágios, mas não admite que sua incompetência seja criticada.

Nenhum comentário: