sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Sugestões à Veja - Por que não?

por Arabutan Rocha
Sou assinante da Veja, leitor assíduo e noto que existem temas importantes que não são mencionados nas reportagens semanais, como:
1 - Dívida Pública Federal.
Como informações do próprio governo da União não são confiáveis e não fecham com exatidão, no caso do Ministério da Fazenda, Banco Central, Tesouro Nacional..., não são exatas mesmo, mas conflitantes, e após anos acompanhando o desenrolar, temos sem sombra de dúvidas, que muitas autoridades políticas precisam meditar sobre a ética e a moral, para executar relevantes serviços voltados para a sociedade brasileira. A exemplo, nos últimos 8 (oito) anos, temos as seguintes barbáries:
Governo Lula.
1.1 - De 1º/01/2003 a 1º/01/2011, Lula recebeu uma dívida de FHC de R$ 645 bilhões e passou R$ 2,388 trilhões em 2011 (Fonte: Tesouro Nacional/dez/2010), o que representa ter tomado como empréstimos, um montante de mais de R$ 1,7 trilhão!!!
Além de questionar a própria DPF, indagamos qual o paradeiro dos empréstimos? Uma vez que até hoje, sabemos que devemos, mas não sabemos o destino de R$ 1,7 trilhão, muito menos quanto se gastou em Cidadania (Educação, Saúde, Segurança...). Tudo porque, no governo Lula foram mais de 475.000 mortes por violência, mais de 41.000 assassinatos de MULHERES, mais de 285.000 mortes de JOVENS por violência, só isto merece uma reflexão pelos Srs. que fazem a Veja. É uma grande reportagem e grande momento para se discutir com a sociedade brasileira, os problemas estruturais do Brasil.
Dizia José Mindlin: "Um país só desenvolve com Cultura e Educação". Como nosso MEC troca a foz do rio São Francisco para Maceió na lagoa Mundaú e que 10-8 são 5, o José Mindlin tem razão que a própria razão desconhece.
1.2 - Está registrado no site Contas Abertas, que Lula PAGOU o absurdo de R$ 873,8 bilhões de Juros, no período de 1º/01/2003 a 1º/01/2011, numa média de R$ 9,1 bilhões/mês!!! Lula gastou o que não tinha e hoje no governo Dilma, até 27/07 foi PAGO só R$ 94 bilhões de Juros em 7 meses, ou R$ 13,43 bilhões/mês, herança maldita. Enquanto isto, Lula gastou em Cidadania apenas R$ 48,6 bilhões com Segurança (Ministério da Justiça), R$ 121,2 bilhões no Combate a Fome, R$ 226,2 bilhões com Educação e R$ 312,9 bilhões com Saúde, o que não deixa de ser o governar sem divisão equânime das riquezas produzidas, como também falta de seriedade no trato da coisa pública.
2 - Nióbio.
Metal que o Brasil detém 98% da produção mundial, tendo os EUA, Japão e Europa dependência de 100% do nosso nióbio. O inadmissível é justamente a Inglaterra determinar preço baixos, quando detemos quase 100% da produção mundial. Sua aplicação todos sabemos em turbinas, naves espaciais, hidroelétricas e super aço!!!
2.1 - Na última década, o Brasil produziu e exportou 576.000 toneladas e o preço no mercado internacional tem chegado a casa dos US$ 1.200 o quilo e na pauta das exportações não atinge US$ 70 o quilo, o que acarretou prejuízo superior aos US$ 300 bilhões, o que caracteriza traição ao país e ao povo brasileiro.
2.2 - No governo Lula, foram produzidas 489 toneladas, que poderia ser comercializada ao preço líquido de US$ 600 o quilo, e o Brasil teve aí um prejuízo em divisas na ordem de US$ 293 bilhões e se deixou de arrecadar os impostos de exportação. Está caracterizado o subfaturamento sem que as autoridades competentes, façam uma devassa e punam os responsáveis pelo desvio de nossas riquezas.
Cadê a Receita Federal, cadê a nossa gloriosa Polícia Federal, cadê o Ministério Público Federal, cadê o Congresso Nacional?
Por entender que a Dívida e Nióbio, são os dois maiores problemas do Brasil, geradores dos demais, talvez até do Mensalão, sugiro que a nossa Veja faça valer o seu poder de mídia, em mais uma bandeira na defesa da Cidadania e da Família.
Recebido por correio eletrônico.
.

Nenhum comentário: