domingo, 26 de outubro de 2008

Um Ministro Terrorista

.
Há que se chorar. O BRASIL é o único País do mundo que tem um Ministro da Justiça que é terrorista. Ele é responsável pela deportação dos dois atletas cubanos, que não queriam voltar para sua Pátria. Sabe-se o que este ministro fez. Deixou de cumprir a Constituição Federal, ferindo os PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS. No caso dos cubanos, ele praticou o crime de terrorismo que diz que nós repudiamos o terrorismo e o racismo. (ART 4º VIII DA CF)
Há que se chorar. No Brasil não se respeita a dignidade da pessoa humana. O Ministro da Justiça do Brasil, servil ao governo de Cuba, esmagou os dois cubanos, que deportados para CUBA, poderiam ter sido fuzilados. Que vergonha para o nosso País!
Há que se chorar. No Brasil, invade-se propriedade, queima-se propriedade, mata-se gado alheio, destroem-se laboratórios, invade-se o Congresso, roubam-se os cofres públicos, delegado que apura crime passa a ser o responsável por ter apurado a verdade, e tudo continua no melhor dos mundos.
Sabem a razão desta desgraça? É que o Ministro da Justiça, comunista confesso, defende os comunistas e ladrões que praticam tais crimes.
Há que se chorar. Agora, 150 índios invadiram o canteiro de obras da construtora PCH, que construía uma hidroelétrica, em MT, na cidade de SAPESAL, e destruíram um laboratório, queimaram instalações, veículos, e tudo ficou por isso mesmo. Sabem a razão de fatos como estes? É que não temos Ministro da Justiça e, sim, um comunista irresponsável na Pasta, praticando a sua doutrina do “quanto pior, melhor”.
Há que se chorar. O comunista ministro da Justiça foi à TV se regozijar pela condenação do Coronel Brilhante USTRA, acusado de torturador. Ele, peçonhento, parecia babar pelo canto da boca, numa demonstração de satisfação sádica de revanche, esquecido de que, na época, foi se acobertar na família do coronel, lá pelas bandas de Bagé. Covarde naquele tempo, continua sem caráter nos dias de hoje. Ruim como ele só. Desprezível.
Há momentos de alegria. As Forças Armadas Brasileiras são amadas pelo seu povo, embora odiada pelo ministro da justiça, azedo e infeliz. O povo brasileiro é magnânimo e sabe diferenciar o bom do ruim. Os militares garantiram as eleições no RIO e em outros Estados com sucesso.
São admirados no mundo pelo trabalho que se realiza no HAITI. General anda na rua sem medo e ministro comunista só aparece em solenidade cercado de seguranças, com medo do povo.
Fonte: WWW.FORTALWEB.COM.BR
GRUPO GUARARAPES
.
ATAQUE TERRORISTA INDÍGENA A HIDRELÉTRICA EM MATO GROSSO
Daqui a pouco, quando estiver como na Colômbia, onde se sequestram Senadores da República, quem sabe os nossos políticos resolvam tomar uma providência - até lá, só funciona a operação abafa, para não publicar nos jornais. Cada dia que passa, a internet se transforma no real veículo de comunicação.

Nenhum comentário: