quarta-feira, 25 de maio de 2011

Charles Fabiano da Silva - Um Herói Esquecido

No final de 1988, durante uma operação militar para a desocupação da Usina da Volta Redonda, tomada por operários em greve, três operários perderam a vida.
Um monumento foi erigido em sua homenagem em Volta Redonda. Este monumento foi destruído horas depois de sua inauguração por um atentado terrorista. 
O Brasil passava por período de campanha eleitoral para a primeira eleição direta para presidente depois de muitos anos. Luiz Inácio Lula da Silva se candidatava pela primeira vez a presidência da república.
No dia 25 de Maio de 1989 o soldado do Exército Charles Fabiano da Silva e um outro soldado trabalhavam com sentinelas na cidade de Volta Redonda. Charles era de Barra Mansa.
O dia 25 de maio não era o dia para Charles estar de serviço. Ele estava escalado para o sábado. Desejoso de ir ver a namorada no fim de semana, trocou a escala de serviço com um outro soldado.
Durante a noite Charles Fabiano e seu colega foram atacados por homens armados que pretendiam roubar suas armas. O colega de Charles abandonou sua arma e seu posto.
Charles não. Imbuído de seu dever e de sua honra lutou bravamente para preservar seu posto e seu armamento. Recebeu uma rajada de nove tiros, vindo a falecer durante a madrugada.
Um militar morto no cumprimento de seu dever. Hoje esquecido. Existe um monumento para operários que morreram lutando contra autoridades que buscavam fazer cumprir as leis e a constituição do Brasil.
Não existe nenhum monumento para Charles Fabiano Silva, morto covardemente, defendendo a lei e a ordem no Brasil.
Que país é este que homenageia aqueles que desafiam a lei e ignoram aqueles que cumprem o seu dever?
Nossa homenagem a mais este herói brasileiro que deu sua vida pela pátria e não tem o reconhecimento merecido de seus concidadãos.

3 comentários:

marino disse...

ha aqueles que se esquecen dos que com quem conviveram,mas charles era como um irmão pra mi,fizemos historia juntos e ele infelizmente virou noticia , me sinto envergonhado por ter pessoas que governan nosso pais em proveito proprio e se esquecem de quem realmente lutou por este pais chamado BRASIL cujo o qual ja defendi com muita honra e orgulho , então fação o mesmo pela familia deste heroi que foi CHARLES FABIANO hoje esquecido vamos reviver a memoria dele e desta historia ass:marino sd:846 cia de apoio.TRABALHO,DICIPLINA E COESÃO era o lema do 22°bimts

Anônimo disse...

Soldado herói, morreu defendendo a pátria!

Anônimo disse...

Eu e Fabiano eramos do Pelotão de Apoio da 1ª CIA de fusileiros em 1989. O comandante do pelotão era o sargento Martins. Foi uma tristeza para todos, ficamos segundo a segundo acompanhando o drama que se passava no hospital, ele lutando pra viver...mas não resistiu aos ferimentos. Fabiano era uma pessoa sem igual...sempre brincando com todo mundo, pessoa boa, deixou o batalhão abalado.