sábado, 17 de outubro de 2009

Mordomia Total Para Lula no Sertão Nordestino, na Campanha de Dilma Rousseff

.
A Presidência da República montou um acampamento para Lula no sertão nordestino, para a campanha da ministra petista Dilma Rousseff, daqueles de deixar o ditador líbio Kadafi boquiaberto. A empreiteira baiana OAS gastou mais de 2 milhões de reais para simular que o presidente bolivariano Lula ia dividir com os nordestinos as agruras do sertão. O acampamento é um escárnio aos nordestinos. 
O acampamento montado em Custódia, no interior de Pernambuco, para o presidente bolivariano Lula e seu séquito de petistas mordômicos simularem uma inspeção às obras de transposição do rio São Francisco excedeu em exageros de mordomia.
Só a cama king size comprada para o presidente bolivariano Lula dormir custou R$ 4 mil. O acampamento ganhou porcelanato e torneiras douradas nos banheiros, como se fosse um palácio no meio do sertão, e toneladas de brita para evitar poeira.
Para a segurança e conforto do presidente bolivariano e da sua comitiva mordômica, a empreiteira OAS construiu um heliponto asfaltado. 
Os quartos dos demais convidados (10 para empresários e 16 para ministros e governadores) também tinham frigobar e banheiro privativo.
O de Lula ainda ganhou TV e um tapete azul. Para os jornalistas foram reservadas 50 vagas nos alojamentos (em camas de solteiro) e colocados 14 laptops à disposição para transmitir textos e fotos online.
O bolivariano Lula não comeu comida da peonada. Nada disso. Foi contratado um bufê francês em Recife, que levou para o acampamento de Custódia nove cozinheiros e 20 garçons para servir a comitiva.
E toda a campanha política do presidente bolivariano Lula é bancada pelo contribuinte (porque a OAS vai colocar o custo disso tudo nas notas fiscais da obra).
Fonte: VideVersus,
citado por Previdi, em 16 Out 09.

2 comentários:

Dani Tristão disse...

Pois eu pagaria com muito gosto!!!
Esse nosso querido presidente merece muito mais pelo bem que tem feito ao povo brasileiro. lula é o cara!!!

Mujahdin Cucaracha disse...

Estimado Dani Tristão: usando o termo "pagaria" você transmite a idéia de que "pensa que não paga" e isto é um grande erro. Você tem todo o direito em pensar que o teu "querido presidente" e a quadrilha por ele liderada merecem as sinecuras e mordomias que vem disfrutando com os recursos públicos. Mas não pense que você não faz parte da massa pagante. Em cada quilo de alimento que você compra, há uma boa parcela de seu dinheiro que é tungado para as safadezas palacianas, incluindo aí a ilegal campanha política fora de prazo. Você gosta, tudo bem! Eu não gosto e fico indignado ao ver que mais de um quarto de meu salário me é extorquido direto no contra-cheque como se fosse "renda", além de todos os demais impostos e taxas que me são surrupiados hora a hora, para pagar essa patifaria contínua, ao mesmo tempo em que nossas estradas, hospitais, escolas, quartéis, delegacias e demais serviços públicos ficam entregues às traças.