terça-feira, 11 de agosto de 2009

Conheça o Teor da Ação do MPF Contra Yeda.

.
Clique aqui para você poder ler todos os autos da ação ajuizada pelo MPF na Justiça Federal de Santa Maria. O material é inédito. A disponibilização de tudo visa mostrar a verdade, desfazer intrigas e boatos, permitindo que a opinião pública julgue por si mesma o que está acontecendo de caviloso, imoral, aético e politicamente incorreto no RS, como já vem proclamando o editor há muitos e muitos meses. Trata-se de uma trama diabólica, cruel e inaceitável num estado democrático de direito.
. Esta publicação atende pedido feito pelo próprio MPF, que pediu a quebra do segredo de justiça, proteção que os próprios réus já dispensaram publicamente.
. A leitura vertical das 1.237 páginas da ação civil pública (improbidade administrativa) movida por seis procuradores do Ministério Público Federal do RS contra a governadora Yeda Crusius e outros oito políticos e servidores públicos gaúchos permite ao editor concluir o seguinte:
- A montanha pariu um rato. O processo que foi para Santa Maria é um processo kafkiano e político. Acontece que a Justiça Federal não é a Santa Inquisição e nem está a serviço da candidatura do ministro Tarso Genro.
. O jornal e a RBS deste domingo, transformam os seis procuradores em verdadeiros deuses ex-machina. São o que parecem. A idéia do Eixo do Mal é justamente a de usar o novo evento para golpear o governo e ajudar a eleger o ministro Tarso Genro. O que surpreende é que tantos sejam enganados durante tanto tempo por tão poucos no RS.
. A juiza Simone Barbisan não terá outra alternativa senão julgar inepta a ação.
. Não existe uma só prova material (documento, extrato bancário, declaração de renda ou seja o que for) e também nem um só áudio (som ou imagem) - a não ser algo que se poderia tomar como testemunho de ouvir dizer (a prostituta das provas) - capaz de incriminar um só fio de cabelo da governadora Yeda Crusius. Advogado nenhum do mundo move processo baseado em “ouvir dizer”.
. Os áudios tão esperados pelos voyeurs que infestam a política e a mídia do RS, são os já conhecidos ou divulgados:
1) conversações entre Flávio Vaz Neto e interlocutores diversos, sobretudo Antonio Maciel.
2) trama forjada enre Lair Ferst e Marcelo Cavalcante.
3) gravação feita por Paulo Feijó com Cesar Busatto. Imagens claras, límpidas como a luz do dia, como denunciaram a deputada Luciana Genro e o vereador Pedro Ruas em fevereiro? Nem pensar. Os dois líderes do PSOL continuam devendo explicações sobre o que disseram e o sórdido papel que jogam em todo o episódio, algo jamais visto na história do RS.
. Quem tiver paciência para ler e ouvir, terá surpresas com esta leitura recomenda acima.
- O resultado dessa desastrada ação ajuizada em Santa Maria, acabará por prejudicar a própria ação penal já em exame. Talvez este seja o único resultado de tudo o que foi apresentado pelo MPF.
CLIQUE AQUI para ler toda a análise.
CLIQUE AQUI para ler a íntegra das 1.238 páginas da ação do MPF.
CLIQUE AQUI para fazer o download da página 1 até a página 250.
CLIQUE AQUI para fazer o download da página 251 até a página 500.
CLIQUE AQUI para fazer o download da página 501 até a página 750.
CLIQUE AQUI para fazer o download da página 751 até a página 1000.
CLIQUE AQUI para fazer o download da página 1001 até a página 1239.
CLIQUE AQUI para ler o dossiê sobre a história das malfeitorias no Detran (“Tudo começou no governo Olívio”), com datas, ocorrências e nomes.
Fonte: Políbio Braga
COMENTO: Os arquivos são grandes e demoram um pouco para baixar. Todos em formato pdf (use o software Acrobat Reader ou compatível para ler). Os arquivos são muito pesados, o número de acessos para leitura e download é extraordinariamente alto e por isto há demora.

Nenhum comentário: