quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Atuação das Forças Armadas em Apoio à Santa Catarina


.
Repasso, com orgulho e emoção, endossando as palavras ditas abaixo.
Esse país só conta e só tem conserto com as nossas gloriosas Forças Armadas à frente!
Bravos Guerreiros! Que Deus os abençoe e ilumine!
Onde está o apoio dos movimentos ditos sociais (MAB, MST, Via Campesina e tantos outros)?
Frente à tragédia que está ocorrendo em Santa Catarina, vocês viram algum "movimento social" se apresentar para realizar trabalhos voluntários?
Uma caravana do MST?
Um grupo do movimento dos desalojados pelas barragens?
Uma equipe dos padrecos que insuflam os índios e outros?
A turma dos quilombolas?A UNE e o pessoal da sua "caravana da saúde"?Onde estão os ditos "movimentos sociais", tão solidários consigo mesmos?

Só mesmo as FF.AA.

Abaixo, uma parte de relatório - fria, como são os relatórios - sobre os meios empregados pelas FA na tragédia catarinense. Desde a primeira hora...
Como sempre, a gente, o povo fardado, faz o que pode. Tira ouro de pedra sabão, faz o trabalho de outros, com denodo e energia. Pelo País, pela Nação.
Sem "marajalato", sem "horas extras", sem esmorecer, sem fazer politicagem barata. Faz por que recebeu a missão. E cumpre.
O Exército, em especial, a FAB e a Marinha nunca foram intrusos na História do Brasil. Sempre que intervieram em alguma situação - qualquer uma - foi A PEDIDO ou MEDIANTE ORDEM.
Anteontem, lá pelos séculos XVII, XVIII, XIX; ontem, século XX; hoje.
Sempre será assim.
Mudam os inimigos, os adversários. Hoje é a natureza destrutiva; ontem, a natureza humana, muito mais destrutiva...
Venceremos hoje, também, ainda que o reconhecimento público - que existe - seja manipulado e escondido por uma mídia desonesta.
Onde nós estamos, todavia, as pessoas sabem quem SEMPRE está ao seu lado. Sempre souberam.
Para o Soldado é o que basta.
É disso que a turma do canil dos vira-latas tem ódio...
Deixem os cães ladrarem a vontade. Só sabem fazer isso, ainda que vistam terno, gravata, andem de carro oficial, editem livros cujo foco é a calúnia e a difamação, proclamem-se da justiça e dos direitos humanos.
Sabem ladrar muito e, principalmente, correr atrás de dinheiro fácil (para eles) ... Vagabundos e canalhas, é o que são.
Isso vai ter que acabar mais cedo ou mais tarde - mas não muito, espero...
GD./BYE
por Kaiser Konrad
com informações do Ministério da Defesa
1. EXÉRCITO BRASILEIRO
a. Situação Geral dos Meios Empregados
- A 14ª Brigada de Infantaria Motorizada e a 5ª Brigada Cavalaria Blindada encontram-se em apoio à Defesa Civil do Estado de Santa Catarina e seus Municípios, na manutenção da integridade física das populações que vivem em área de risco;
- O 63º Batalhão de Infantaria possui oito equipes junto à Defesa Civil para atuar em pontos de alagamentos, transporte de pessoal e alimentos nas cidades de Joinville e Itapoá.
- O 23º Batalhão de Infantaria está com todo efetivo empregado em 35 núcleos de Defesa Civil em pontos estratégicos na cidade de Blumenau.
- 5º Regimento de Carros de Combate
- 5º Batalhão de Engenharia de Combate
- 5º e 27º Batalhões Logísticos
- 14º Pelotão de Polícia do Exército
- 62º Batalhão de Infantaria
b. Efetivos e materiais empregados
- A 14ª Brigada de Infantaria Motorizada e a 5ª Brigada de Cavalaria Blindada, e os 62º e 23º Batalhões de Infantaria empregam 489 militares
- Quatro viaturas blindadas de transporte de pessoal M-113, para retirada de pessoas em locais sem acesso a veículos sobre rodas;
- Quinze caminhões para remoção de pessoas em áreas de risco;
- 16 Botes de borracha e pequenas portadas;
- 02 Helicópteros HM-1 Pantera - CAVEX
- 01 Helicóptero HA-1 Fennec – CAVEX
- 01 Helicóptero HM-3 Cougar - CAVEX
- 01 gerador médio, com capacidade para atender a um Hospital;
- 01 Posto de abastecimento de água potável;
- Apoio de Saúde restrito - Equipamentos de Engenharia em condições de serem empregados quando a situação permitir;
- Atendendo a solicitação do Governo do Estado de Santa Catarina, o Hospital da Guarnição de Florianópolis designou uma equipe de médicos para atender o município de Balneário Camboriú.

2. FORÇA AÉREA BRASILEIRA
a. A FAB através do 5º Comando Aéreo Regional instalou no Aeroporto de Navegantes o Centro de Operações Aéreas, para coordenar a operação de diversos helicópteros, e aeronaves civis e militares.
b. Aeronaves desdobradas a partir de 26 de novembro de 2008:
- 01 H-60L Blackhawk – 7º/8º GAV – Esquadrão Hárpia
- 03 H-34 – 3º/8° GAV Esquadrão Puma
- 01 C-105A1º/9º GAV - Esquadrão Arara
- 03 H-1H – 5º/8º GAV - Esquadrão Pantera
- 02 C-130 H – 1º/1º GT – Esquadrão Gordo
- 01 C-105A - 1º/15º GAV – Esquadrão Onça – Operando a partir da Base Aérea de Canoas/RS.
Também participam da operação tripulações e aeronaves C-95 Bandeirante do 5º Esquadrão de Transporte Aéreo – Esquadrão Pégaso
A FAB desdobrou aeronaves de Canoas, Santa Maria, Rio de Janeiro, Manaus e Campo Grande.
c. Pessoal desdobrado na localidade até a 25 de novembro de 2008: 38 militares
d. Pessoal desdobrado a partir de 26 de novembro de 2008: 56 militares
e. Unidades envolvidas:
- COMGAR (EMGAR/CCCOA)
- COMAR V
- BACO
- CECAN (RJ)
f. Pessoal envolvido fora da área atingida: 43 militares


3. MARINHA DO BRASIL
a. Aeronaves já desdobradas até a presente data:- 02 UH-12 (Esquilo) – 5º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geralb. Pessoal desdobrado na localidade até a presente data: 47 militares
c. Pessoal a ser desdobrado nos próximos dias: 10 militares
d. Unidades envolvidas:
- Comando do 5o Distrito Naval
- Capitania dos Portos de Santa Catarina
- Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina
e. O Comando do 5o Distrito Naval reforçou os meios locais com seis embarcações do tipo “flex boat” e suas tripulações, que haviam sido solicitadas pela Defesa Civil.
Militares do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais de Rio Grande estão sendo enviados hoje (27/11) à Santa Catarina.

Fonte: recebido por correio eletrônico
.

Nenhum comentário: