domingo, 28 de junho de 2009

A Opinião Sobre os Militares é Pessoal ...

.
... e aceito contestação.
Os militares foram apontados como grandes vilões por muito tempo e até hoje ainda são vistos assim por muitas pessoas. Mesmo quem teve uma vida tranqüila na época - bem mais tranqüila que hoje - sempre foi induzido a criticar o regime militar.
Ninguém se atreve a contestar o 'politicamente correto', por medo de não ser aceito pela sociedade, mesmo que manipulada.
Ser politicamente correto é obrigação, um dos motivos que nos levam a simpatizar com os gays que esfregam suas preferências sexuais acintosamente na nossa cara (alguém já viu um hetero sair pelas ruas exibindo suas preferências?). Somos obrigados a sentir pena dos meninos de rua que vêm pedir um trocado para comprar crack, com medo da crítica "você é uma pessoa má, que não tem respeito pelos direitos humanos". O mesmo menino que mais tarde será seu próprio assaltante ou assassino. Lembram do caso da Candelária, quando aquela boa moça, defensora dos pobres e oprimidos foi assassinada por um deles?
Os militares não são covardes nem coniventes com esse lixo político. Eles foram acuados por uma opinião maciça, formada por intelectuais e divulgadas insistentemente. O brasileiro, que não se atreve a ir contra idéias impostas, nega o espaço aos militares.
E quem não se lembra do Pasquim e da atuação de Ziraldo, que se fartou às custas do governo militar? Ziraldo ganhou mais de um milhão de indenização por 'perseguição política' aos jornalistas, na época da ditadura, e prestação mensal de mais de quatro mil reais até o fim de sua vida. Ao ser criticado por tal benesse, Ziraldo disse: "Eu quero que morra quem está criticando. Porque é tudo cagão e não botou o dedo na seringa." Bem, que eu saiba, Ziraldo nunca foi enfermeiro... Além disso, o intelectual Ziraldo se trai quando deseja a morte de quem critica. Logo ele que ganhou fama ao gritar pela liberdade, principalmente a liberdade de expressão.
Mas e o Bóris Casoy que, há pouco tempo, no governo Lula, foi afastado de seu programa num jornal da TV por seus comentários contra o governo? Ele também terá, mais tarde, direito à anistia?
Os militares foram acuados por uma sociedade falsamente democrática.
Ser politicamente incorreto deve ser motivo de orgulho.

Nenhum comentário: