terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Liquidados os cabeças da Quadrilha 51 das FARC

Tropas do Exército Colombiano pertencentes à Décima Terceira Brigada, em coordenação com a Força Aérea, liquidaram em combate a Pedro Alfonso Vargas Marin, conhecido com o apelido de “Yerminson” ou “El Pelado”, principal chefe da quadrilha 51 das Farc, em operações ofensivas levadas a efeito em 05 de fevereiro nos limites entre os departamentos (estados) de Cundinamarca e Meta.
Durante a ação militar, ocorrida na localidade La Playa del Oso no municipio de La Uribe (Meta), foram neutralizados outros três sujeitos e capturados mais dois, aos quais se estão verificando a situação.
Igualmente os soldados aprenderam 07 fuzis AK-47, um fuzil R-15, um fuzil 7.62, uma pistola 9 mm, uma cartucheira com munição para 1.30, um lança-granadas 40mm, cinco coletes balísticos, dois computadores portáteis, um em bom estado e outro destruído, 22 equipagens de campanha, quatro discos duros (HDs), nove memórias USB, dois rádios de comunicação e um telefone celular, o material foi achado em um acampamento com capacidade para pelo menos 30 bandidos.
“Yerminson”, de 40 anos de idade, dos quais 25 esteve no interior da organização terrorista, era o coordenador da entrada de novas estruturas das Farc ao departamento de Cundinamarca. Com sua morte se neutralizam os projetos do grupo terrorista para reorientar seu plano estratégico de tomada do poder, também se neutraliza sua intenção de tumultuar em Cundinamarca, e especialmente em Bogotá, o processo eleitoral programado para o ano de 2010.
De acordo com as investigações, o bandido morto foi o autor material e intelectual do assassinato dos vereadores Fernando Morales Pabón e Mari Fanny Torres, da "Localidad 20", no passado 18 de outubro de 2009. É, ainda, acusado de outros delitos dentre os quais se destacam: o sequestro no município de Une do pecuarista Eliecer Romero em 2008; a ativação de um artefato explosivo no interior de um micro-ônibus da empresa Transoriente, rota Fomeque-La Unión-Bogotá, deixando como resultado danos materiais; os sequestros dos senhores Carlos Arenas e Fernando Yate, os quais ainda se encontram prisioneiros do terrorista conhecido como “Jhon Jairo”; o sequestro e posterior assassinato do vereador Guillermo Leal, da "Localidade 20"; o sequestro do senhor Gregorio Aguilar Alba, no municipio de San Bernardo; a execução de um atentado terrorista contra um estacionamento de uma empresa importadora e empacotadora; e a ativação de um artefato explosivo contra uma torre de energia, localizada na localidade de Kennedy em Bogotá D.C.
O comando da Quinta Divisão continua trabalhando sem poupar esforços com o fim de garantir a segurança e bem-estar de todos os cundinamarqueses e contribuir para o fortalecimento da política de consolidação da segurança democrática.
Fonte: Exército Colombiano
COMENTO: mais uma quadrilha dos narcoterroristas que se esfacela sem liderança. Parabéns ao Exército Colombiano por mais essa vitória

Um comentário:

Partido Alfa disse...

Aviso aos colombianos: se voces NÃO querem ser o Brasil amanha, matem. Matem todos. A maior arma de um terrorista é se fazer de vitima. E acabar se elegendo. Boa caçada.