quarta-feira, 21 de maio de 2014

Ingresso Descontrolado de Haitianos, Cubanos e Muçulmanos - Atenção!

.
Em 11 de maio de 2014 o jornalista Claudio Humberto publicou que a Polícia Federal está proibida de conter a entrada dos haitianos no Brasil.
Segundo a nota, entre os mais de quatro mil que chegaram este ano, sem qualquer controle nem documentos, pode haver criminosos comuns, fugitivos da Justiça, terroristas procurados, etc, que instruídos pelos “coiotes” pagos para trazê-los do Haiti, apenas precisam gritar “refúgio!”, para que os agentes lhes permitam o ingresso no Brasil, onde recebem “visto humanitário” de permanência, além de carteiras de trabalho com a identidade que declaram.
O Brasil, irresponsável, nem sequer faz gestões junto aos governos da Bolívia e do Peru, por onde chegam os haitianos, para exigir vistos.
Calcula-se que de 2010 até o presente, ingressaram mais de 20 mil haitianos no Brasil, sem documentação, sem autorização, e a maioria sem boa qualificação profissional.
O Brasil não faz divisa com o Haiti que, aliás fica longe do Brasil e jamais houve algum tipo de relação histórica ou cultural entre os dois países. 
A rota mais lógica e menor para essa vinda de haitianos seria pela fronteira norte brasileira, via Venezuela, Suriname ou Guianas, mas a principal porta de entrada desses haitianos tem sido o Acre.
Os Haitianos vem de longe, sem dinheiro, usando uma logística que custa caro e que alguém organizou e pagou, para passarem pelo Peru que fica na divisa com o Acre.
Lógico que o Peru não iria acolher os haitianos porque eles não tem qualificação profissional. Alguém está fornecendo a logística necessária para que esses mais de 20 mil haitianos viessem até a América do Sul e entrassem no Brasil justo pelo Peru. Por que o Peru? Imaginamos que seja porque o Peru faz divisa com o estado governado pelo PT.
A Polícia Federal teria levantado que a única qualificação de muitos desses "refugiados" é terem sido milicianos no Haiti, fazendo parte de bandos fora da lei.
Agora, o governador do Acre procura mandar os haitianos para São Paulo. E o prefeito de São Paulo já tinha todo material preparado para acolhe-los, tendo usado uma tropa de trabalhadores para deixar em boas condições um galpão reformado.
Este é o mesmo prefeito do PT que deixa nas ruas sem resolver o problema dos brasileiros que não tem teto e um grande número de moradores de rua.
Não dá para sabermos como 20.000 haitianos conseguiram dinheiro para comprar passagens aéreas para o Peru, e de lá até a fronteira com o Acre, e posteriormente para SP. Em uma pesquisa rápida, verifica-se que o preço mais barato para o trecho Port-au-Prince/Lima é de US$ 650.00, e para o trecho Lima/Rio Branco US$ 912.00. Somando os dois valores, chegamos a US$ 1.562,00. Ou aproximadamente R$ 3.600,00; fora a passagem Rio Branco/Guarulhos, que custa R$ 500,00. Total: R$ 4.092,00
Não bastasse a entrada desenfreada de haitianos, o Itamaraty resolveu fazer a festa de entidades como Al-Qaeda e assemelhados, abrindo as porteiras para que se mudem de mala e cuia para cá: às vésperas da Copa e das Olimpíadas.
No dia 13 de maio, a mesma coluna do jornalista Claudio Humberto, publicou outra nota preocupante
Segundo ele, o Itamaraty, emitiu a circular telegráfica nº 94443/375, de 7 de maio, instruindo embaixadas e consulados a darem vistos – sem consulta prévia ao Brasil – para nacionais do Afeganistão, Irã, Iraque, Jordânia, Líbano, Líbia, Palestina, Paquistão e Síria, regiões tomadas por grupos terroristas.
Essa decisão irresponsável do Itamaraty, que afeta a crítica área de segurança, é agravada pela falta de estrutura e pessoal qualificado nas embaixadas e consulados, que se valem de contratados locais para analisar os pedidos de vistos.
A Secretaria de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça, diz que nada sabe sobre a porteira escancarada pelo Itamaraty, que, por sua vez afirma que a ordem de liberar vistos para países como Líbia, Afeganistão, Paquistão, Irã e Iraque “sem consulta” ao Brasil “não contraria” os protocolos de segurança para a Copa do Mundo.
Há quem afirme que esse ingresso aparentemente desorganizado de haitianos e naturais do denominado "Mundo Islâmico", somados aos cubanos do "mais médicos" - cujo efetivo, já foi denunciado, está infiltrado por muitos médicos militares com experiência de combate na África -, colombianos ligados à narcoguerrilha e paraguaios do mesmo naipe, na realidade serve para uma muito bem organizada invasão de "cumpanhêrus" revolucionários.
Quero destacar que nada há aqui contra os seguidores do Islã, somente usei o termo "Mundo Islâmico" para referir geograficamente os nacionais cujo ingresso no Brasil foi facilitado de forma inusual. 
Alguns vão dizer que esta linha de raciocínio é surreal. Mas se dizia exatamente a mesma coisa quando Fidel Castro foi menosprezado e montou a invasão de Cuba com sua tropa que os cubanos consideravam irreal e absurda de existir.
Se forem realmente mais de 20 mil, dá um bom efetivo para montar uma força paramilitar (ou de guerrilha) de respeito. Sempre lembrando que dessa quadrilha ora empoleirada no poder podemos esperar qualquer coisa. Até mesmo alguma ideia estapafúrdia visando "apoio popular" ao estilo venezuelano a algum tipo de "endurecimento governamental", pós Copa do Mundo e suas consequentes manifestações, e adiamento "sine die" das eleições previstas para outubro.
Espero que isso não passe de um mero exercício de imaginação fértil, mas como se diz lá pelo sul do país: "no creo em brujas, pero que las hay, las hay"!

ATUALIZAÇÃO:  a quem achar exagero o que aqui foi escrito, recomendo a leitura de reportagem publicada em 08 Jun 2014 no Estadão. "Às vésperas da Copa do Mundo, estrangeiros moradores de ocupações, incluindo imigrantes de Serra Leoa, por exemplo, que participaram de conflitos armados em seu país, estão escalados na linha de frente dos protestos de sem-teto marcados para acontecer na cidade a partir de terça-feira".
Pelo sim, pelo não, é bom irmos dando uma boa manutenção nos ferros!

8 comentários:

O GUERREIRO disse...

Amigo só espero que quando as FORÇAS ARMADAS QUISEREM TOMAR PROVIDENCIAS NÃO SEJA TARDE DEMAIS POIS O BRASIL NÃO MERECE ATURAR NEM MAIS UM MINUTO ESTA CORJA QUE ESTÃO DOMINANDO O PAÍS.

VIGILANTE disse...

OU SE TOMA UMA ATITUDE AGORA OU CHORAREMOS MAIS TARDE,POIS TODOS ESTÃO VENDO O QUE ESTA ACONTECENDO NO PAÍS.

KIKO disse...

DEUS TEM QUE ILUMINAR AS AUTORIDADES MILITARES PARA SE POSICIONAREM, POIS OS COMUNISTAS ESTÃO AGINDO ABERTAMENTE PARA DOMINAREM O BRASIL,SE AS AUTORIDADES MILITARES NÃO TOMAREM UMA ATITUDE URGENTE PROVAVELMENTE COITADO DO NOSSO POVO PACATO E ORDEIRO

MARCOS DO RIO disse...

AMIGO GOSTARIA DE SABER O QUE PENSAM O ALTO COMANDO DAS FORÇAS ARMADAS,A IGREJA,OS GRANDES EMPRESÁRIOS E O POVO EM GERAL.PORQUE,DEPOIS DA PORTA ARROMBADA NÃO ADIANTA CHORAR.

G.M. Ferraz disse...

Marcos do Rio: primeiramente, quero te agradecer pela participação pois isso sempre serve como estímulo. Eu não tenho base para escrever sobre o que pensam as Instituições que citastes, mas pelo que vemos na grande imprensa, podemos inferir que o Alto Comando das FFAA está acomodado em seus escritórios, preocupados com suas próximas movimentações e sem querer desperdiçar a oportunidade de ocupar alguma "boquinha" ao irem para a inatividade. "Boquinha" boa, é claro! Assumir "pepino" como fez o Gen Santos Cruz, poucos assumiriam. A Igreja Católica, em grande parte já está infiltrada pela cambada do Boff et caterva, as novas Igrejas Protestantes estão cooptadas via canais de televisão e outras concessões que rende muita grana aos "pastores". Os grandes empresários também estão iludidos com o lucro fácil que os canalhas lhe fornecem (como os traficantes, as primeiras doses são gratuitas até criar a dependência) sabendo, ou não, que serão descartados logo que essa cambada assumir o governo totalitário a que se propõe. Por fim, o povo. Ora o povo! Dá para contar com esse povinho que briga por resultado de jogo de futebol, que "participa" ativamente dos paredões do BBB, faz passeata pelo direito de fumar maconha e "queimar a rosca"; mas não é capaz de lembrar em quem votou nas últimas eleições? A presidAntA afirmou no discurso de 1º de maio que a bolsa família beneficia 36 milhões de famílias. Se cada família render dois votos (olha aí a campanha pela participação dos "jovens") isso dá mais de 70 milhões de votos. Tem futuro essa bosta?

MARCOS DO RIO disse...

OBRIGADO PELA RESPOSTA,ELES PODEM SABER COM CERTEZA QUE PELO MENOS DOIS ELEMENTOS ELES VÃO TER QUE ENFRENTAR,. POIS NUNCA TIVE MEDO DA MORTE AINDA MAIS SE FOR EM DEFESA DO PAÍS. SÓ NOS RESTA REZAR PARA QUE MAIS BRASILEIROS PENSEM COMO EU E VOCE, E ASSIM POSSAMOS FAZER ALGO MESMO QUE SEJA POUCA COISA.

PITA BRAGA CÔRTES disse...

VAI SE ELEGER DEPUTADO FEDERAL com o Pé nas Costas.

Anônimo disse...

http://www.alertatotal.net/2014/07/a-revolucao-importada-risco-para.html
O Governo Petista, por falta de “mão de obra”, está importando sua revolução de Cuba e do Haiti. Os combatentes importados, além de formarem a “guarda pretoriana” ideológica do regime petista, como ocorreu na Venezuela, vão disseminar o “spartaquismo” no Brasil e, no caso dos Haitianos, parte do contingente vai povoar os Quilombos artificiais, fomentados pelo Conselho Mundial das Igrejas, organismo internacional, fundado no início do século XX, com o objetivo de fortalecer o colonialismo e promover o Governo Mundial.

Atualmente, o colonialismo é mantido difusamente, com a política de “governo indireto”, através de títeres mas, o objetivo de implantação do Governo Mundial é claro.

Recentemente, a Polícia Civil do Estado de São Paulo, desbaratou, no centro da Capital, uma célula terrorista revolucionária de Cubanos e Haitianos, todos com documentação falsa. Os revolucionários foram presos e os seus fuzis apreendidos.

Estranho, que a mídia não tenha noticiado. A quem interessa o silêncio? Estariam, a suposta oposição e o Governo temerosos das conseqüências da notícia? Isso já ocorreu antes nos casos dos assassinatos políticos dos Prefeitos petistas de Campinas e Santo André.

Tudo leva a crer, que a chamada esquerda revolucionária, prevendo fragorosa derrota nas eleições, esteja importando combatentes de Cuba, do Haiti e da África, para conflagrar o Brasil e lograr o tão sonhado golpe de estado comunista. Neste terceiro milênio, tudo isso parece arcaico e despropositado, mormente, após a debacle econômica e política da antiga URSS, mas é a terrível realidade.
Diante desses fatos gravíssimos, estão com a palavra, e o dever de agir, as instituições responsáveis pela defesa da Soberania Nacional e da Nação Brasileira.