sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Sobre a Eleição de Obama

O mundo inteiro parabeniza Obama! O fanfarrão Hugo Chávez também! Ele, que disse que votaria em Obama e que Obama votaria nele! Chávez acaba de ganhar a aposta!  Dona Dilma também; ela, que está agora dando gritos de “Hosana Nas Alturas” ao mais novo Deus Barack Obama! Os comunistas tupiniquins da América Latina inteira ganharam a aposta. Mas é lógico! O perdedor Mitt Romney havia prometido dar um pontapé na bunda de todos eles!
América para os americanos! Tanto faz eles serem vermelhos ou azuis; democratas ou republicanos, todos eles estão cagando e andando para todos “nóis”... 
Onde estarão voando os pilotos americanos do jato Legacy que derrubou o avião da GOL, matando mais de 150 passageiros, hein? É!  Mas eles também poderão perguntar:  E os assassinos de Charles Rodney Chandler, capitão do exército americano morto na frente da mulher e dos filhos, onde estão, hein? – Responda dona Dilma: - Elas por elas...
Quem não gostou nada da vitória de Obama foi a “direita israelense”. O deputado Danny Danón disse o seguinte: – não se pode confiar nesse presidente dos Estados Unidos; que Israel não se curvará perante Obama; que não temos em quem confiar, além de nós mesmos! O deputado é considerado o porta-voz do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, em declarações que Netanyahu não pode fazer por si mesmo.
Na época mais gloriosa da nossa mais que “light ditadura”; quando éramos mais do que felizes e não sabíamos, eis que veio o bebé chorão democrata Jimmy Carter se meter nos nossos assuntos internos. E tanto fez, tanto fez; tanto acreditou nos apelos das nossas alegres e saltitantes esquerdas; tanto acreditou nos apelos dos nossos “intelectuais”; nos bispos vermelhos da Igreja Católica; nos apelos desses falsos defensores de direitos humanos e outros engajados por aí, que fomos obrigados a entregar o ouro aos bandidos...
Os americanos, isolados do mundo por dois oceanos; situados numa imensa região de clima temperado, o que lhes facilita as coisas, sempre se sentiram predestinados a uma estabilidade territorial tão afortunada, tanto quanto o permitem as instabilidades das coisas da natureza, e de outras humanas coisas. Das coisas da vida... Estão aí os “furacões”. Estão aí os militantes islâmicos. Estão aí os “homens-bombas”, os homens mais poderosos do mundo, derrubando as torres gêmeas de Nova York! 
Serão eles assassinos cruéis, ou “vingadores” cheios de razões? Ou serão os descaminhos dos homens neste mundo de ranger os dentes?
De qualquer maneira eu tiro o meu chapéu para os nossos queridos irmãos do norte! Muito mais primos que irmãos! Palmas para quem tem a maior democracia do mundo! Palmas para quem tem a maior Força Naval do mundo! Palmas para quem tem o maior Exército do mundo! Palmas para quem tem a maior Força Aérea do mundo!
Coronel Maciel.
Fonte:  Velha Águia

Nenhum comentário: