terça-feira, 27 de março de 2012

Mais 35 "Hijeputas" Foram Prestar Contas ao Capeta!


O presidente Juan Manuel Santos anunciou em Villavicencio que na madrugada de esta segunda-feira, durante uma operação conjunta de Inteligencia da Polícia e das Forças Militares, morreram 35 guerrilheiros das FARC, e foram capturados outros seis em um acampamento conhecido como 'El Arenal'.
O mandatário, que se encontra na capital de Meta presidindo um conselho de segurança, explicou que as ações se deram na vereda El Silencio, zona rural de Vista Hermosa, região de Ariari, onde se fazem presentes as Frentes 27 e 43 das FARC.
Antes de iniciar a reunião com comandos militares e o governador de Meta Alan Jara, o presidente Santos disse que as operações continuam e que como resultado das mesmas se conseguiu a captura de outros seis subversivos em Restrepo (Meta), pertencentes à Frente 53. "Entre os capturados está um dos ideólogos". (Leia as declarações do presidente Santos - em espanhol)
dito ideólogo é conhecido como 'Eduardo Serrano', com 12 anos na organização, e foi apreendido quase de forma simultânea ao golpe de Vista Hermosa.
Fontes oficiais assinalaram que um infiltrado na Frente 27 informou que uma coluna do Estado Maior do Bloco Oriental (Embo), chegaria ao lugar para uma reunião convocada pelo meliante conhecido como "El Médico", substituto de 'Mono Jojoy'  na chefia desse bloco das FARC.
A operação, parte da nova estrategia militar para golpear as FARC, iniciou na madrugada com aviões Supertucano que bombardearam o objetivo. 
Nessa primeira fase da operação, parte do plano de guerra das Fuerzas Militares denominado ‘Espada de Honra’, aeronaves da Força Aérea Colombiana neutralizaram a área do acampamento na qual se encontravam integrantes da coluna móvel ‘Abelardo Romero’, a Frente 7ª e o chamado ‘Estado Maior do Bloco Oriental’ (Embo). 
Por volta das 2:30 da madrugada ocorreu o avanço de efetivos do Exército Nacional, da Armada Nacional e da Policia Nacional, encarregados de consolidar o terreno, onde as tropas encontraram uma metralhadora, 31 fuzis e oito granadas, e ainda equipamentos de computação.
Ao final da Operação ‘Armagedón’, foram computadas as mortes de 35 integrantes do ‘Bloco Oriental’ das FARC e capturados outros seis, em fatos registrados na vereda El Silencio de Vista Hermosa, Meta. 
Ainda na segunda-feira, unidades da Força Tarefa Omega realizavam uma busca meticulosa na zona e guarneciam a área onde estava instalado o acampamento guerrilheiro.
Os capturados, foram postos a disposição das autoridades competentes para sua judicialização, após receber assistência médica. Ao mesmo tempo, técnicos do CTI da Fiscalía (Procuradoria) adiantaram a identificação dos corpos sem vida dos terroristas, que no transcurso do dia foram trasladados a Villavicencio. 
Extra oficialmente se soube que os corpos teriam sido trasladados na tarde de segunda feira à Base Aerea de Apiay, próxima ao local onde se desenvolve o conselho de segurança de Santos com as autoridades militares e civis.
Vista Hermosa é um município que fez parte da zona de distensão durante os frustrados diálogos de paz com as FARC. Depois foi epicentro do denominado Plano Patriota. 
Há oito días, em uma operação similar, em Arauquita (Arauca), uma Força Especial Conjunta da Oitava Divisão, atacou um dos principais acampamentos da Frente 10 das FARC.
Como saldo, a operação deixou também 32 mortos nas filas guerrilheiras. (Leia os detalhes dessa operação)
Esta ação também contou com o apoio de Inteligencia da Policia. Dessa forma, as Forças Militares estão aplicando o novo plano de guerra,denominado 'Espada de Honra' que busca golpear os comandos de nível médio das FARC.
Este plano é a continuação da fase inicial que consistiu em perseguir os máximos chefes do grupo guerrilheiro e que permitiram a queda de 'Raúl Reyes', 'el Mono Jojoy' e 'Alfonso Cano'.
Com este novo golpe, as Forças Militares mataram em combate a 144 integrantes das FARC entre primeiro de janeiro e esta data. Os capturados neste período somam 264 e os desmobilizados, 217. 
Fonte:  tradução livre de El Tiempo, El Colombiano e Exército Colombiano

Nenhum comentário: