quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

A Crise é do Capitalismo?

por Stephen Kanitz
Assustador ler hoje (30/1) artigo de Martin Wolf, economista chefe do Financial Times, culpando o "capitalismo" por esta crise, e colocando suas sugestões de como modificá-la.
Como todos sabem, meu objetivo neste blog sem fins lucrativos é sempre mostrar um lado da questão nunca abordado, ajudando a eliminar preconceitos, memes e ajudando o leitor a pensar mais no assunto. 
Não foi o Capitalismo que causou esta crise, muito menos o Neoliberalismo, algo que vai ser difícil, eu sei, a esta altura do campeonato provar.  
Vamos definir corretamente de que capitalismo estamos falando, quais os valores deste capitalismo que causaram a crise, lembrando que hoje temos vários capitalismos, como temos inúmeras versões possíveis de socialismo.
Eu defendo o Capitalismo Democrático, enquanto que Martin Wolf defende o Capitalismo de Estado.
Um dos valores do capitalismo tradicional e do liberalismo é: "coloque todos os seus ovos numa cesta, e cuide bem desta cesta". 
Poderá parecer estranho para muitos, porque o mantra na imprensa econômico-financeira e do Financial Times tem sido "diversificar seus investimentos e não colocar tudo numa única cesta".
Mas este conselho, "cuide bem da cesta" está nos Axiomas de Zurique, de Max Gunther, uma das bíblias deste tipo de capitalismo. 
Estes capitalistas à moda antiga são a favor da governância, da responsabilidade no trato das finanças, da competência e da dedicação.
Os liberais e os neoliberais querem que você tenha liberdade de escolher o Fundo de Garantia de Emprego que quiser, não aquele que rende menos que a inflação, determinado pelo Capitalismo de Estado.
Você [deve] escolhe[r] o seu Fundo de Pensão ou cuida[r] você mesmo de uma carteira de ações, ao invés de entregar 30% do seu salário ao Fundo de Pensão do INSS, determinado pelo Capitalismo de Estado.  
Cuidar do seu próprio dinheiro faz parte do direito do homem, infelizmente esquecido pelos nossos governos.
"Depositem 40% de impostos, comprem 100% de títulos públicos, que cuidaremos da sua "cesta", da sua saúde, ensino e aposentadoria."
Será que entregar a sua cesta para outros cuidarem funciona? Martin Wolf acredita que sim.  
Martin Wolf acha que entregar sua poupança para um bando de jovens de Hedge Funds, Fundos Fechados, Fundos de todos os tipos, e diversificar em 10 aplicações diferentes que você honestamente não entende nada, funciona.
Mas isto não é capitalismo. Entregar a sua cesta para outros cuidarem é uma santa ingenuidade, mas é isto que hoje chamamos de Wall Street, não muito diferente do que prega o Capitalismo de Estado.
Dê-me seu dinheiro, e eu cuidarei dele por você. Deu o que deu nos EUA e agora na Europa, duas faces da mesma moeda. "Cuidaremos de você e dos seus problemas."
Liberais e neoliberais acham que entregar dinheiro para os outros é uma furada. Por isto, são contra governos que tomam para si, e Hedge Funds que afirmam que cuidarão de você.
Liberais acham que é melhor você cuidar do seu dinheiro, da educação do seu filho e da sua saúde que dá mais certo, liberdade hoje negada pelo Capitalismo de Estado e desaconselhada por jornalistas do Financial Times, em nome de seus anunciantes.  
Entregar 40% da sua renda para o Estado e não acompanhar o que eles fazem com o seu dinheiro gera incentivo à corrupção, óbvio.
Colocar sua aposentadoria e fé numa promessa do Estado, é no mínimo ser irresponsável.
Comprar títulos públicos sem saber o que os Capitalistas de Estado fazem de fato com seu dinheiro é comodismo, e novamente irresponsabilidade das grandes.
Liberdade requer responsabilidades, a começar com o seu próprio capital, por menor que seja.  
A crise, nos Estados Unidos, foi devida aos milhares de americanos que em vez de cuidarem de suas "cestas", entregaram o dinheiro de que dependerão para se aposentar a Fundos de Pensão.
Mesmo no Brasil, a maioria não tem a menor ideia do que o Fundo de Pensão do INSS faz com o nosso dinheiro, nem o Fundo de Pensão da Petrobras, Banco do Brasil, Caixa, BNDES, Vale do Rio Doce, e assim por diante.
Estes Fundos de Pensão americanos entregaram o dinheiro dos trabalhadores a Bancos de "Investimentos" como Lehman Brothers, Bear Stearns, etc..., sem saber exatamente o que eles fazem com o dinheiro. 
Ben Bernanke [Presidente do FED], pasmem, não controlava os Bancos de "investimentos" porque não faziam parte do sistema bancário.
Isto não é capitalismo, isto se chama irresponsabilidade administrativa.  
Por sua vez, estes Bancos de Investimento "diversificaram" o seu dinheiro em várias aplicações, como Títulos Hipotecários Subprime, sem conhecer um sequer dos 10.000 mutuários que estavam sendo lastreados. 
Por sinal, tudo começou com um professor da Universidade de Chicago, Harry Markowitz que convenceu o mundo que "diversificar era preciso".
Convenceu que não era o conteúdo das "cestas" o mais importante, e sim a variação e correlação entre as cestas que deveria ser estudada. 
Segundo Markowitz, uma aplicação em Madoff era ótima, renda constante e variância da cesta baixo.
Olhar a "cesta" do Madoff não é escopo desta teoria e deu no que deu. 
Portanto, foi "falta" de capitalismo o que causou esta crise. Ninguém efetivamente se preocupando com o seu próprio capital.
Converso com viúvas, e fica claro que não estão cuidando elas próprias das cestas dos seus maridos. 
Converso com médicos, e eles entregam sua poupança para pessoas que mal conhecem.
Converso com advogados que lêem os contratos de gestão, mas eles não têm a menor ideia no que estão investindo.
Converso com professores de economia, e eles recomendam comprar títulos do governo, sabendo que o dinheiro aplicado irá direto para despesas em educação e aposentadorias, o que não é uma boa "cesta" para se ter, como comprar títulos públicos da Grécia.
Lamento, cuidar do seu dinheiro faz parte das responsabilidades de um cidadão, por mais chato que seja. Como fazer esteira todo dia. Mal necessário. 
Por isto, os Republicanos foram contra salvar a Lehman Brothers, aumentar o limite da dívida, etc.
Eles acham que quem não cuida da sua "cesta", deve arcar com os prejuízos.
E não ver estes prejuízos "socializados" por Obama e Bernanke, imprimindo moeda descaradamente e chamando este crime econômico de Quantitative Easing
Concordo que cuidar de "cestas" é deprimente. Lidar com dinheiro e investimento é chato, é chatíssimo. E, perigoso.
Só tem bandido e governos atrás do seu rico dinheiro, via impostos e taxas de administração, e até verdadeiras trapaças.
Mas é imperativo [você] cuidar do seu dinheiro, e não o Ministro da Fazenda que quer tapar o buraco do déficit público. Ou um funcionário do INSS, que nem sabe quem você é. Ou um gestor de Fundo de Pensão, que também nem sabe quem você é.
Faltou capitalismo nesta crise, ambos nos EUA e na Europa.
Acabaram com o velho capitalismo, o do Tio Patinhas. Hoje ninguém cuida do seu próprio dinheirinho.
Compram títulos de governos Europeus ou Títulos de Dívidas Hipotecárias simplesmente com base nas notas dadas pela Moody's e Standard & and Poor's, tidas como suficientes.
Capitalismo é cuidar do dinheiro, e cuidar bem dele. Algo que infelizmente não ocorre no Capitalismo de Estado e nestes outros capitalismos, como o Capitalismo de Hedge Funds ou o Capitalismo da Diversificação do Capital, defendido por Markowitz e Wolf.
Por isto, defendo o Capitalismo Democrático onde cada um é responsável pela sua poupança diretamente, com direito de voto.
O que não está acontecendo, prezado Mr. Martin Wolf, devido aos grandes anunciantes do Financial Times, que você sabe muito bem quem são.
Hedge Funds e Bancos que querem que seus leitores esqueçam a responsabilidade de cada cidadão de cuidar bem da sua "cesta". Eles anunciam e você sempre escreve para todos diversificarem e não colocarem tudo numa única cesta, e cuidar bem desta cesta. Você quer que todos apliquem com seus anunciantes.
Vergonhoso Mr. Wolf. Lhe dei um Unfollow.

Nenhum comentário: