quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Iranianos Conseguiram “enganar” o Avião-espião para Faze-lo Aterrizar em seu Territorio

 

Após muitas polemicas e pedidos do governo dos Estados Unidos para a devolução de seu avião espião UAV, um engenheiro militar iraniano explicou qual foi o método usado para fazer que o aparelho se desviasse e aterrizasse em “territorio inimigo”.
De acordo com o informado pelo engenheiro, quando o avião espião foi detectado na fronteira entre Iran e Afganistão foi providenciado o corte do enlace de comunicação entre el RQ-170 Sentinel e sua base, para depois, programar novas coordenadas em seu GPS para faze-lo “pensar” que estaba dirigindo-se a sua base no Afganistão, quando realmente se dirigía a territorio iraniano.
O especialista iraniano assinalou que a navegação guiada por GPS utilizada por este tipo de aparato é seu ponto mais débil, assim, só foi necessário colocar um "ruido" nas comunicações com sua base para que o UAV ativasse o piloto automático. Foi nesse preciso instante que os engenheiros iranianos acessaram o sistema de navegação do aparato para reconfigurá-lo, de manera que a aeronave optou de forma autônoma por aterrizar seguindo as coordenadas donde supostamente encontraria sua base.
Deste modo, a captura do UAV por parte do governo iraniano deixa em evidência os problemas de segurança que possuem esses aparatos, sobretudo se transportam em seu interior equipamentos de alta tecnologia que chamam a atenção de nações como Russia e China.
Leia mais em FayerWayer
Fonte:  tradução livre de Noticias 24

Nenhum comentário: