domingo, 3 de abril de 2011

Mensalão - Saiu o relatório final da Polícia Federal. Pimentel, Lula e Jucá também serão denunciados ao STF.

É devastador o relatório final de 332 páginas que acaba de sair da Polícia Federal sobre o Mensalão e que já está nas mãos do Procurador Geral da República. Ele amplia a responsabilidade do PT e do governo Lula no mais escandaloso esquema de corrupção política da história brasileira e que objetivou enfiar os congressistas no bolso do Planalto. Roberto Gurgel terá que encaminhar ao ministro os nomes dos novos mensaleiros cujas identidades foram desvendadas no relatório. No relatório do delegado Luiz Carlos Zampronha, recheado de novas provas materiais e testemunhais (100 testemunhas), eis a constatação que resume de forma definitiva o esquema da corrupção aberta pelo governo do PT e pelo PT: 
- Foi o mais amplo, complexo e mais geral esquema de corrupção da história da república.
. Este relatório da Polícia Federal vai alterar o rumo do julgamento dos mensaleiros no STF, que já parecia ir morrendo nas mãos do ministro Joaquim Barbosa, atacado pelo “esquecimento” e pela tentativa do próprio Lula de considerar tudo uma farsa contra o seu governo.
. Entre os novos mensaleiros que receberam o dinheiro da corrupção do Mensalão estão o ministro Fernando Pimentel e o líder do governo no Senado, Romero Jucá. O relatório também identifica o ex-presidente Lula como um dos principais beneficiários do Mensalão. Em depoimento na Polícia Federal, Fred Godoy, comensal dos Lula, confessa que recebeu R$ 98 mil da corrupção para pagar despesas da campanha de 92, de Lula. O PT do RS também recebeu dinheiro sujo do Mensalão. O presidente do Partido na época, Davi Stival, prometeu cortar a cabeça, caso ficasse provado o crime. Ele foi julgado e transacionou a pena em troca de cestas básicas. No RS, na mesma época, o PT conduziu seu próprio Mensalinho, conforme denúncia do ex-tesoureiro da DS, Paulo Salazar.
. “Há muito tempo peço que Lula seja incluído como o verdadeiro líder da organização criminosa”, disse ao editor o advogado Luiz Francisco Barbosa Correia, que defende o ex-deputado Roberto Jefferson.
. A denúncia aceita em 2007 pelo STF indiciou quadrilheiros e inclui o ex-ministro José Dirceu como o chefe da quadrilha. No relatório final, cuja íntegra foi analisada e divulgada pela revista Época deste sábado, foram adicionados 17 novos nomes. Os mais conhecidos são o ministro Fernando Pimentel, o senador Romero Jucá, o deputado Vicentinho, a ex-ministra Benedita da Silva e até o ator Paulo Betti.  Todos receberam dinheiro sujo da corrupção manejada através do Valerioduto.
. O relatório da Polícia Federal descobriu que as agências do lobista Marcos Valério, SMP e DNA, receberam R$ 350 milhões do governo Lula, a maior parte dos quais vieram através do Banco do Brasil (R$ 65 milhões) através do Fundo de Publicidade da Visanet. O dinheiro saía da Visanet para as contas da SMP e DNA, depois iam para o Banco Rural e dali para as contas da corrupção. A Polícia Federal também descobriu e apresentou provas de que Zé Dirceu e Delúbio pediram dinheiro ao Banco Opportunity, de Daniel Dantas, que fechou contratos de fachada com Marcos Valério, no valor de R$ 500 milhões, para desviar dinheiro sujo para o PT.
CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa de Época, que revela fac símiles de documentos, fotos e trechos originais do relatório da Polícia Federal.
CLIQUE AQUI para ler tudo sobre o Mensalinho Gaúcho do PT, conforme denúncias do ex-tesoureiro da DS, Paulo Salazar. O texto completo é do capítulo do livro O Eixo do Mal, que o editor lançará até junho. Reserve seu exemplar (R$ 50,00) pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br O editor já contabilizou 2.350 reservas comprovadas.
COMENTO: a respeito do aparente descaso quanto aos trâmites do julgamento do Mensalão, circula na rede mundial uma excelente idéia "em agosto, será prescrito o crime de formação de quadrilha do mensalão. Para pressionar o ministro Joaquim Barbosa, decidimos enviar muitos telegramas para fazer uma boa pilha em sua mesa de trabalho. Ele precisa dimensionar o ônus da absolvição. Vários grupos vão enviar seus recados no mesmo dia: 3 de abril, domingo. Telegrama é simples, barato e tem peso. Telegrama fonado: Capitais e regiões metropolitanas - 3003 0100  Todas as demais localidades brasileiras - 0800-725 7282   Telegrama na web correios.com.br/   End: Supremo Tribunal Federal - Praça dos Três Poderes - 70175-900"  
É HOJE!!! Se deixarmos que o crime prescreva e o processo seja arquivado, os canalhas virão a público, como já é costume, gritando que foram absolvidos. O que será mais uma grande mentira, na qual os idiotas mal informados acreditarão!! 
O Blog Casa da Mãe Joana publicou até um excelente modelo de texto a ser enviado ao STF:
"Ao 
Ministro Joaquim Barbosa
STF – Praça dos Três Poderes
70175.900 – Brasília, DF
gabminjoaquim@stf.gov.br
Na qualidade de cidadão comum mas cônscio de seus deveres com a Nação, quero ufanar-me pelo Brasil, não nas Copas Mundiais, mas por sua postura, sua honestidade e, principalmente, por sua justiça. Portanto, venho, em nome deste desejo, solicitar que V.Excia. se digne a dar andamento, com a urgência que o assunto requer, para julgar os envolvidos no processo chamado de “mensaleiros” para que as responsabilidades recaiam em quem de direito e não em quem sempre arca com tais impasses – os cidadãos de bem que, mesmo revoltados com tantas injustiças e desmandos eternos, continuam trabalhando em prol do país, contribuindo com seu suor, apesar de tantas lágrimas.”
Quem puder e tiver disposição, que participe dessa passeata “telegráfica”, com qualquer texto – o importante será o número de manifestações a chegarem lá, para denunciar o maior imbróglio do governo Lula que hoje ele classifica de inexistente para proteger seus comparsas.
Quanto ao Mensalinho do PT no RS, que retrata o  "jeito PT de ser", já foi citada mais de uma vez aquiaqui, aqui, aqui e aqui

Nenhum comentário: