segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O contribuinte sitiado!

por Francisco Dutra Vieira Filho
Eles estão às portas! Eles vêm com fome; com muita fome, ávidos pelos infinitos privilégios que o cargo lhes oferece. 
No começo de fevereiro, desembarcarão em Brasília os 513 novos deputados federais. 
Tendo se passado três meses da eleição, certamente, se esqueceram das inúmeras promessas feitas aos eleitores. As caminhadas pelas ruas, feiras livres; o abraço nos velhinhos; o colo oferecido às criancinhas pobres, bem como outros mimos públicos, ficaram para trás, o que lhes interessa agora é a luta pelo que realmente representam, ou seja, as bancadas que os elegeram. 
Tem bancada para todos os gostos: dos banqueiros, dos empreiteiros, dos publicitários, dos farmacêuticos, dos lobistas, dos evangélicos, das ongs, dos bingos, dos policiais, das montadoras, dos sindicatos, dos planos de saúde, etc e etc e tal. O que não existe mesmo é a bancada do bem comum, aquela que pense no melhor para todos os brasileiros, especialmente os contribuintes que já recolhem mais de cinco meses de trabalho por ano com a segunda maior carga tributária do mundo. 
Esses 513 não estão nem ai pro choro dos que sustentam o País, pois sempre podem tirar dos mesmos um pouquinho mais se for a vontade do governante da vez; de quem detêm as chaves dos cofres da Nação por quatro ou mais anos.
Mas para que concordem com a Presidenta Dilma, esta terá que atendê-los nos seus negociáveis desejos. Para isso, usam de um expediente imoral, chamado emenda parlamentar.
Se são atendidos, um novo imposto é criado rapidinho e o contribuinte a cada dia vai se enfiando num fundo buraco. Nada recebe em troca pela nova apropriação indébita de mais um pedacinho do seu rendimento. 
A bola da vez a ser apresentada aos cidadãos mais do que nunca sitiados, é uma tal de CSS. Para quem não se lembra da CPMF, a CSS é a mesma coisa, mudaram de nome apenas para livrarem a barra dos petistas, que na pessoa de Lula e Dirceu, demonizavam aquela taxa maldita criada por FHC. Pois é amigos contribuintes, temos em breve uma nova luta pela frente; uma luta muito desigual, pois no campo de batalha oposto, de paletó e gravata; sapatos cromos alemão, estarão exatamente aqueles que há bem pouco tempo nos afagavam. E o pior de tudo, é que logo após sermos abatidos em campo, ainda teremos de curar a choradeira assistindo na TV os escândalos protagonizados pelos noviços excelentíssimos senhores deputados!
Francisco Dutra Vieira Filho
é de Fortaleza/CE

Nenhum comentário: