terça-feira, 3 de agosto de 2010

O HOMEM DO POVO?

Em 1974 o Presidente Ernesto Geisel visitou Sant'Ana do Livramento para a inauguração da BR 158, do trecho que ligou Sant'Ana do Livramento à Rosário do Sul, e dai para a Argentina, via Uruguaiana, de um lado e a Porto Alegre, do outro lado.
Geisel, que era o ditador, o torturador, o alemão, o nazista, andou pelo meio das pessoas, cumprimentando e sendo abraçado por todos. Em Sant'Ana do Livramento, um dos berços do Trabalhismo brasileiro. De Oposição, portanto, quando ainda havia Oposição.
Atualmente não se pode afirmar mais nada.
Hoje, 30 de julho de 2010, é aniversário de fundação da Cidade, 187 anos. E recebemos a visita do presidente Lulla da Silva para encontro com o colega uruguayo, Pepe Mujica.
O aparato de segurança e o fato do presidente da republica ter preferido ir para dentro de um quartel do Exército, dão-nos a exata idéia de quão popular é o presidente que diz ter 80% de aprovação popular.
Sabemos bem como funcionam essas pesquisas compradas.
Geisel não teve Mensalão, Geisel não tinha filho que era tratador de animais e virou empresário rico, Geisel não tinha filho bebado dando espetaculo em locais públicos, dizendo "meu pai é que manda aqui". Com Geisel não teve o "eu não sabia". Geisel demitiu outro general, Ednardo, comandante do 2º Exército de São Paulo. Imagine se ele tivesse metade dos problemas que tem Lulla: demitiria todos, imediatamente.
Mas Geisel teve Golbery como Chefe da Casa Militar, não um Zé Dirceu. Mas não foi considerado Homem do Povo.
Já o presidente José Mujica, do Uruguay, após o encontro com Lulla, foi almoçar tranquilamente no centro de Rivera, no Uruguay e tirou fotos, recebeu flores e conversou com populares. Mas esse não tem todo esse "indice" de popularidade de Lulla, não.

Nenhum comentário: