quarta-feira, 14 de julho de 2010

Morre 'Mayerli' e periga o anel de segurança de 'Alfonso Cano'

Um demolidor ataque aéreo realizado pela Força Aérea da Colombia à 01:00 da madrugada de domingo (11/7) teve como resultado a morte de 12 guerrilheiros da coluna móvel Héroes de Marquetalia, que servía como um dos anéis de segurança do chefe supremo das FARC, 'Alfonso Cano'.
O bombardeio de surpresa foi planejado desde Bogotá depois de ser localizado um acampamento do grupo insurgente em um ponto da cordilheira central graças ao "avião fantasma", a mais de 2.600 metros de altura, na área rural de Planadas, departamento de Tolima.
Na operação também participaram Tropas do Exército e um Comando de Inteligência da Polícia, que ainda ontem tentavam, apesar do mau tempo, retirar da zona todos os corpos dos insurgentes mortos.
O golpe
Se estima que morreram oito guerriheiros homens e quatro mulheres da organización, entre as quais se encontra Magaly Grannobles, alias 'Mayerli' o 'Marleny', (foto) que comandava a coluna Héroes de Marquetalia.
A atuação dessa quadrilha, que antigamente agia diretamente em municipios como Planadas, Ataco, Chaparral e Roncesvalles, havia sofrido um forte golpe nos últimos anos em função da política de Segurança Democrática do governo Uribe, razão pela qual priorizou sua ação em servir de anel de segurança do chefe máximo das FARC, Guillermo León Valencia, vulgo 'Alfonso Cano', que se encontraría entre este setor e o Canyon de Las Hermosas, en Chaparral.
O forte inverno e a nebulosidade retardaram a extração dos cadáveres da zona, porém unidades da Força Pública se encontravam no local, aguardando o término da operação ao fechamento desta edição.
Em declarações à Rádio Caracol, o Comandante das Forças Militares, General Freddy Padilla de León, indicou que a operação se efetuou à 01:00 da madrugada de domingo e que o êxito do golpe reside no seu significado para o comandante do grupo armado ilegal, posto que 'Alfonso Cano' era muito ligado à guerrilheira 'Mayerli', que se havía convertido em uma de suas lugar-tenentes mais fiéis.
"Era uma mulher de confiança desse cabecilha das FARC, por isso é excepcional, porque são muito poucas as mulheres dentro desse grupo armado a quem se designa uma quadrilla para que a dirija. Se trata de uma pessoa de seu total afeto e confiança", disse o General Padilla.
Este golpe se soma ao ministrado contra 'Jerónimo' há uns meses, também no setor rural de Planadas, o que havía levado 'Mayerli' ordenar a morte seletiva de campesinos e líderes do sul, a quem acusou de 'sapos' por haverem entregado la localização do outro chefe insurgente.
Cruel
O próprio Presidente Álvaro Uribe Vélez, que realizava um Conselho Comunal, confirmou a informação e disse "houve un desembarque imediato de nossas forças e até o momento há confirmação que foram abatidos 12 integrantes desse grupo, entre eles ‘Mayerli, que é responsavel pelo assassinato de 70 soldados e policiais nos últimos oito anos. ... "Esse grupo (Héroes de Marquetalia) é responsavel por 30 ações terroristas no sul de Tolima. E essa coluna faz parte do anel de segurança do narcoterrorista 'Alfonso Cano'".
Uribe havía pedido precisamente, em sua última visita a Tolima, intensificar as operações no sul, pois pretende que o Exército lhe entregue a cabeça de 'Cano' antes do fim de seu mandato.
De fato, esta semana vazou o boato de que o chefe guerrilheiro estaría morto, o que se pode ler hoje como um posivel vazamento de informação relacionada com esta ação, a qual se vinha planejando há vários días.
Por sua parte, o Governador de Tolima, Óscar Barreto Quiroga, que se encontrava em Santa Isabel, manifestou que "sem dúvida se tratou de uma extraordinaria operação que servirá para seguir recuperando nosso territorio dos violentos. Em nome dos tolimenses elevo a mais sentida voz de gratidão ao Presidente Uribe, e aos Generais Óscar Naranjo da Policía e Freddy Padilla, Comandante das Forças Militares".
Prioridade
O General Padilla explicou que a operação também foi um golpe contundente contra a narcoguerrilha pelo que significam os chefetes para as FARC, já que a organização de narcotráficantes investe todas suas forças e recursos para protege-los e ter liquidado a estes membros do cerco que cuida a 'Alfonso Cano' significa estar cada vez mais perto dele.
"As FARC são um movimento que tem umas prioridades no emprego de seus recursos, a maior prioridade para eles é cuidar os cabeças do secretariado e para isso investem tudo. Para eles significa manter os planos, assim, quando estamos falando de anéis de segurança, uma pessoa destas fácilmente tem recursos importantes dedicados a cuida-los e aos que mais protegem são ao 'Mono Jojoy' e a 'Alfonso Cano'", agregou o alto oficial.
Perfil
De 'Mayerli' se diz que tinha certa familiaridade com 'Mono Jojoy", pois seu sobrenome também é Grannobles, o que a tería ajudado a converter-se em um membro mais próximo ao Estado Maior deste grupo marginal à lei.
Segundo o Exército, no momento se sua morte, ela tería entre 34 e 40 anos de idade, e há 20 havía ingressado oficialmente nas FARC.
Teve participação direta em sanguinarias ações realizadas em Tolima, como em Dolores efetuada no ano 2001. Alem disso, se estima que determinou a morte de mais de 100 pessoas em diferentes atividades terroristas.
Destacado
Os corpos sem vida dos guerrilheiros estavan sendo evacuados desde ontem graças a helicópteros, porém o mau tempo e as dificuldades de acesso à zona retardaram o trabalho.
Dado
A chefe guerrilheira era sindicada de haver participado na morte de mais de 100 pessoas, e nos últimos dois anos intensificou seu sanguinário labor contra campesinos e líderes a quem acusou de colaborar com o Exército.
Fonte: tradução livre de EL NUEVO DÍA
COMENTO: que não tenha repouso no inferno, enqanto aguarda a chegada, em breve, dos seus chefetes Mono Jojoy e Alfonso Cano, além do Coma Andante cubano (esse ainda não foi por que nem o Capeta lhe quer por perto!)! Além do "anel de segurança", o anel de couro do narcoterrorista também está perigando!!

Nenhum comentário: