quarta-feira, 2 de junho de 2010

Enganando o (E)Leitor

por Nivaldo Cordeiro - 26 de maio de 2010
Não me canso de me espantar com a capacidade da nossa mídia adular os poderosos, seja mentindo descaradamente aos seus leitores, seja ocultando fatos relevantes. Qual foi a notícia mais importante de hoje no campo econômico, sobrepujando qualquer outro assunto? O crescimento devastador do rombo das contas externas. Vejamos o que os jornais paulistas deram.
O Estadão ao menos fez uma chamadinha de capa, envergonhada, quase pedindo para não ser lida, com um título ocultando o real: “Investimento estrangeiro no Brasil cai 11,05%”. Ora, essa não é a notícia importante a ser levada à manchete. O certo seria dar destaque para o que está relatado na matéria: “Em abril, as contas externas apresentaram o pior resultado para o mês, desde o início da série estatística, de 1947”.
Obviamente que algo de muito errado está acontecendo com a economia brasileira e o desequilíbrio das contas externas é o sintoma escancarado disso.
A Folha de São Paulo, como sempre, mente um bocadinho mais. É mais realista que o rei. Sequer fez chamada de capa. Chamada interna: “Crise reduz investimento externo, diz BC”. Obviamente que esse não é o ponto mais relevante.
No final da nota escreveu: “O investimento externo é a principal fonte para financiar o déficit nas transações do Brasil com o exterior, que cresceu quase três vezes neste ano. Em abril, o Banco Central registrou resultado negativo de US$ 4,6 bilhões nessa conta”.
A Folha simplesmente esqueceu-se de informar que é o maior déficit desde 1947. Como sempre, seu leitor foi devidamente desinformado.
O diktat para esconder o real dos leitores deve ter saído da mesma fonte, em face das semelhanças. Se eu tivesse os meios cotejaria a notícia em todos os jornais importantes do Brasil, mas, mesmo assim, sei que são voz em uníssono. O comando político da notícia está unificado para enganar os leitores (eleitores) desavisados. Os jornais são meros fabricantes de boas novas.
Caro leitor, seja prevenido. A crise está chegando com toda força. Dela ninguém escapará, nem o Brasil, nem você mesmo. Os sintomas estão à vista de todos.
Quem viver verá.
Fonte: Reservativa,
citado no Blog do Cel Lício

Nenhum comentário: