segunda-feira, 10 de maio de 2010

Dia da Cavalaria

.


Em linha de batalha eis-me formada.
Em riste a lança luzidia e forte,
Sob a tutela da bandeira amada,
Peitos de bravos afrontando a morte.

Doce esperança, palpita em mim
Vencer com a lança, ao som do clarim..................(refrão - 2x)

Empunho a lança forte e temerária.
Sou destemida, intrépida e arrojada.
Sou magistral na carga extraordinária.
Honra da pátria na glória conquistada.

Doce esperança.................(refrão)

Nunca temi no auge da conquista,
Ter de avançar quando o perigo estua.
Pois, tenho à frente rutilante a vista.
Do chefe audaz a fria espada nua.

Doce esperança.................(refrão)

Depois da luta encarniçada e fria,
A perseguir a desbravada gente,
Sou da batalha a mágica elegia
Por sobre mim, só Deus, só Deus somente.

Doce esperança.................(refrão)

COMENTO: a gravação é rara, feita pela "tropa", assim, devemos perdoar alguns tropeços com a letra que não tolhem a beleza da canção.
Parabéns aos meus irmãos cavalarianos no seu dia.

Nenhum comentário: