sexta-feira, 23 de abril de 2010

Resistir à propaganda oficial

Por Arlindo Montenegro
O NEP, Novo Exército do Povo, braço armado do Partido Comunista das Filipinas, insiste há 40 anos, emboscando veículos, colocando minas, lançando granadas e matando gente. As estatísticas do Exército filipino relacionam mais de três mil mortos em 8 anos (2001/09), tudo para implantar um estado comunista no arquipélago. Na última Segunda feira, 19, morreram mais 4 policiais e ficaram 7 feridos, na capital, Manila.
No Brasil a guerra terrorista se manifesta nas ocupações, depredação e saque de propriedades rurais e prédios públicos pelos milicianos do mst e outros grupos afins, que se dizem ongs, mas sem nenhum registro. Já depredaram até instalações do Congresso Nacional. Continuam recebendo grandes quantias dos cofres públicos, para suas reuniões "culturais". O MST que não existe legalmente, tem representação até na França de onde os nossos intelectuais comunistas se alimentam com as ideias mais escabrosas.
É triste ouvir dizer, ou ler que "o comunismo acabou". E o que é que está acontecendo na Colômbia? E o que acontece em Cuba? E o que acontece na Venezuela? Na Bolívia, no Equador, na Nicarágua... Em todo o continente Americano, que querem os filiados ao Foro de São Paulo, filho adolescente do casamento entre Lula e Fidel Castro? Pena que o PT tirou do ar as resoluções do seu IV Congresso. No documento da política internacional está escrito: "Além de participar ativamente do Foro de São Paulo, respondendo por sua Secretaria Executiva, o PT..." está associado a outros grupos comunistas internacionais.
Poucos se atrevem a identificar os sinais ideológicos espalhados neste país, o domínio do PT/Foro de São Paulo nas empresas de economia mista, nos três poderes unificados sob o comando do Poder Executivo, na ideologia do amoralismo implantada pelo Ministério da Cultura em todas as escolas, na linguagem de todas as mídias e formadores de opinião, na brutal e esmagadora máquina de propaganda que discretamente atua, plantando elogios aos governo, interna e externamente.
Recentemente, lá nos Estados Unidos da América do Norte, onde 80% da população já rejeita o salvador Obama, a preocupação é preparar forças especiais para ocupar o país e evitar manifestações violentas nas futuras eleições. Um dos Estados americanos concedeu recentemente uma comenda ao líder venezuelano Peña Esclusa, reconhecendo sua defesa pela democracia, luta contra o Chávez e denuncias contra o Foro de São Paulo. Aqui, preparam-se os militantes para agredir de qualquer modo. Estes militantes, são os milicianos do PT, prontos para agir ao comando dos líderes.
A face sangrenta do comunismo como a vêem os filipinos e colombianos na atualidade, nem chega a ser mencionada aqui, onde os narcotraficantes treinados nas cadeias, no contato com prisioneiros políticos no tempo dos governos militares, organizaram seus grupos de assalto e mais recentemente recebem orientação, armas e drogas das Farc colombianas.
Proclamam 50 mil homicídios por ano! Omitem nesta conta outros tantos em decorrência do uso de drogas. Omitem os que morrem por overdose, morrem por enfermidades associadas, morrem em acidentes... chegamos a mais de 100 mil mortes/ano? Ou mais? Quem vai saber?
Tudo isto no embalo das liberalidades espalhadas pelos comunistas no mundo inteiro. O contraponto, a "antítese", seria a família, a igreja, a escola... tudo quanto o ateísmo associado ao comunismo contaminou, destruiu varrendo os valores éticos e morais do cenário nacional. Somos campeões de corrupção e o exemplo foi “legitimado” pelo exemplo do estado comunista aninhado no seio do governo, implantado de cima para baixo, impune e cínico. Estamos ignorando o que os comunistas designam "salto qualitativo", isto é, inexistência de oposição organizada.
A mais fantástica máquina de propaganda que algum país já montou, propaganda, espionagem e interferência – corrompendo políticos, intelectuais, acadêmicos – em nosso continente, esteve e continua a agir a cargo da kgb de Putim.
Mas nós já temos a nossa fábrica nacional de propaganda enganosa, congregando jornalistas, acadêmicos, cineastas e outros artistas para a ação interna e uma das mais prestigiosas agências internacionais, contratada para que, jornalistas e intelectuais (socialistas fabianos) plantem ininterruptamente, na mídia estrangeira, notícias maravilhosas sobre a economia do Brasil e a sapiência do seu grande líder.
Recuperamos a posição de oitava economia do planeta, mas o poder público é incapaz de arrecadar menos impostos. Pagamos os preços mais altos por telefonia, carros, casas e tudo de baixa qualidade. Os gestores são incapazes de medidas práticas, como prevenir que enchentes anuais soterrem famílias, como em Santa Catarina, em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Sergipe, na Bahia... todo ano o mesmo.
E não temos um estado capaz de combater a morte anunciada! Perdemos a capacidade de exigir, gritar, indignar-nos. Quem deseja de fato uma vida digna e exemplar para os filhos, quem de fato aspira pelo respeito e dignidade, quem acredita numa civilização livre e pacífica, que assuma a responsabilidade de agir, plantar ideias, falar, convencer o vizinho agora. Mostrando que estamos cercados e esta é a pior prisão: a prisão mental dos comunistas que nos cegam e drogam.

Nenhum comentário: