quarta-feira, 10 de março de 2010

Cubanos Enviam Carta a Filhos do Castrismo

por Janer Cristaldo
Leio no El País que um grupo de dez dissidentes cubanos moderados – seja lá o que isto quer dizer – enviou uma carta ao Supremo Apedeuta, pedindo sua mediação urgente, dada sua “privilegiada interlocução com as autoridades de Cuba”. Os ativistas consideram que os bons ofícios de Lula, junto à sua credibilidade e liderança regional, possam fazer com que o jornalista Guillermo Fariñas interrompa sua greve de fome e sede iniciada há quinze dias. A carta não foi aceita pela embaixada brasileira em Havana por não ter sido assinada por todos os remetentes. Já é algo. A embaixada pelo menos atesta que a recebeu.
Santa ingenuidade a dos tais de dissidentes moderados. Acham que quem se orgulha de posar para fotos junto ao tirano vai interceder por suas vítimas. Tanto Lula como seus ministros – desde Marco Aurélio Garcia a Tarso Genro, desde Franklin Martins a Dilma Roussef – fizeram suas carreiras sob as asas protetoras do tiranete do Caribe. Jamais ouvi, e sei que jamais ouvirei, qualquer protesto de algum petista contra a tirania em Cuba.
O PT é filho do castrismo e neto do stalinismo. Bom filho não renega os seus. O sonho do PT, no fundo, é exercer no Brasil o mesmo controle que Castro exerce em Cuba, tanto sobre o Judiciário como sobre o Legislativo, e também sobre a imprensa. Vide o famigerado Plano Nacional de Direitos Humanos, que pretende ressuscitar os sovietes. Se até mesmo Evaristo Arns, o cardeal irmão da santarrona de Forquilhinha, morre de amores por Fidel, que se pode esperar de agitprops de extração marxista?
O Apedeuta reagiu prontamente. Andou declarando que greve de fome não pode ser utilizada como um pretexto dos Direitos Humanos para libertar pessoas. “Imagine se todos os bandidos que estão presos em São Paulo entrarem em greve de fome e pedirem liberdade”. Ou seja, comparou os pobres diabos cubanos que lutam por uma réstia de liberdade aos Marcolas e Hosmanys da vida. Em entrevista a Associated Press, disse Lula: "Temos que respeitar a determinação da justiça e do governo cubanos, como quero que respeitem o Brasil".
É a cabal submissão a uma ditadura que já dura meio século. Lula tem profundo respeito pela mais antiga tirania do continente. Está no DNA do PT. Os dissidentes cubanos enviaram a carta a endereço errado.
Fonte: Janer Cristaldo
COMENTO: pelo menos dessa vez o Pacóvio evitou alegar não ter recebido a mensagem dos cubanos. E fez questão de expressar o que pensa a respeito de quem não idolatra "El Coma Andante". São bandidos como os que estão presos em São Paulo. E não devem utilizar um pretexto de Direitos Humanos para pedirem por sua liberdade. Devem submeter-se aos desígnios da famiglia Castro, sem chiar. Com todo o respeito que devo à d. Lindu por não conhecê-la: é muito fdp!!!

Nenhum comentário: