sábado, 14 de novembro de 2009

Em Apoio à Greve de Fome de Battisti


"Este blog demonstra apoio incondicional ao assassino e terrorista Césare Battisti, neste episódio extremo em que buscando levar a sociedade às lágrimas, imolou sua alma nas mãos daquele que por diversas vezes quis parecer com Jesus e algumas vezes com o próprio Deus."

"Entrego minha vida nas mãos de Vossa Excelência (Lula) e do Povo Brasileiro". Assim iniciou oficialmente sua romaria em direção à perda de calorias.
Estima-se, portanto, que se depender de mim; das pessoas que não são do PSOL, do PT, da base parlamentar alugada e das pessoas que não fumam maconha ou crack, Battisti inaugurará a ala do cemitério Campo da Esperança destinada aos que possuem visto garantido para o inferno.
Estima-se também que recebendo o ilustre hóspede em greve de fome, enquanto estiver vivo, a penitenciária da Papuda venha a ter seu nome de batismo reformulado, afinal não estará mais papuda após o ato de redução calórica do ex-integrante do PAC. Que tal "Miss Uniban"? Ou quem sabe "Spapuda??
Enquanto Battisti não chega ao fim da greve, vamos à nossa feijoada sabatina.
Adaptado de parte do texto do Clausewitz.
COMENTO: Sugiro que, como incentivo ao sacrifício do valente grevista, seja cortada a água potável em sua cela. Sugiro, também, que o senador dublê de palhaço, não o das cuecas vermelhas, mas o do PSOL, também entre em greve de vencimentos até que ocorra a reintegração do bandido italiano à sociedade (isto é, depois de pagar sua pena na Itália); e que o ministro da justiça também faça parte, peremptoriamente, desse movimento. Conclamo a esses heróis que não se intimidem e se mantenham firmes, sem comida ou bebida, até o final dessa luta.
Leia mais na Fonte: Blog do Clausewitz

Nenhum comentário: