quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Resultados da "Ação Humanitária" de Stalinácio e do Megalonanico

.
A ação humanitária do "Megalonanico" e do "Boca Podre", sob a benção do "não sabia de nada" do Stalinácio - que nega ter tratado sobre o assunto com seu amigo Mico Mandante e com o próprio Zé Laia (quem acredita?) - já começou a produzir seus frutos, podres como seria de esperar qualquer coisa engendrada por esse tipo de patifes.

Hondurenha, vizinha do prédio que já foi embaixada do Brasil em Honduras, mas que hoje serve como escritório político de um "governo paralelo" hondurenho, mostra sua indignação contra os danos sofridos em função das manifestações convocadas pelo mais recente "asilado político" brasileiro.
Ela culpa, muito corretamente, tanto o presidente deposto, quanto o representante brasileiro em Honduras juntamente com o desgovernante do Brasil, por permitirem as manifestações políticas de Zé Laia desde o interior do prédio - onde a Bandeira Brasileira foi substituída pelo pavilhão hondurenho - o que viola os tratados de diplomacia internacional.
Manuel Mel Zelaya convocou em 21 de setembro, desde seu novo escritório político, a violência popular, quando incitou os manifestantes que se apresentaram dizendo-lhes que o único caminho era "Patria, Restitución o Muerte".

Nenhum comentário: