sábado, 4 de julho de 2009

A Vanguarda do Atraso e o Que Ela Faz no RS.

.
O historiador Voltaire Schilling aguçou a curiosidade dos 400 comerciantes gaúchos que foram ouvi-lo neste sábado à tarde (27/6) em Gramado. Foi o dia mais frio (7 graus) do 7º Congresso Estadual da Federasul.
- A conversa de meia hora com o intelectual gaúcho foi toda ela centrada nos prejuízos econômicos que os sangrentos enfrentamentos políticos produziram no RS (revoluções de 1823, 1893 e 1923).
- O que sobrou de mais saboroso na palestra de Voltaire Schilling foi o rápido vôo de pássaro que fez sobre as origens de boa parte do pensamento do chamado fundamentalismo xiita guasco de esquerda, um dos mais atrasados do planeta. Acompanhe a trajetória que originou este bolor fedorento e insuportável, abraçado por quase 1/3 dos gaúchos que seguem o PT e seus satélites tipo PCdoB, PSOL, PSTU e vez por outra PDT:
1) Aristóteles desenvolveu a idéia de que o homem que cumpre sua trajetória com sucesso na face terrestre é o intelectual, o que coloca como pária social o homem que produz riquezas, inclusive o comerciante.
2) A religião católica só enxergou lugar no céu para os puros que não fazem nada, reservando o inferno para os maus, sem prever lugar para os homens que produzem riquezas, mas corrigindo esta falha no ano 593, ao criar o purgatório para os comerciantes.
3) Marx e o comunismo defenderam a supressão dos impuros homens que produzem riquezas, condenando-os à morte e à extinção.
4) A fase atual é dos ambientalistas, dispostos a suprimir os homens que produzem riquezas da face do globo, porque todos eles querem implodir o globo terrestre.
- De uma ou outra forma, todas as correntes acima descritas (os defensores do ócio, os religiosos católicos, os comunistas e os ambientalistas) reuniram-se no PT, PSOL, PSTU e até no PDT do RS para azedar a vida social, política e econômica no RS, pelo menos até que ninguém mais trabalhe ou produza riquezas, voltando todos ao estado selvagem do ócio.
Fonte: Políbio Braga
.

Nenhum comentário: