sábado, 13 de junho de 2009

Há Quem Veja!

.
Comentários retirados da Coluna do Claudio Humberto.

08/06/2009
Qualidade do pessoal militar
Apesar da sabotagem orçamentária contra as Forças Armadas Brasileiras, a FAB e a Marinha dão mostras da qualidade do seu pessoal nesse árduo trabalho de resgatar corpos e destroços do A330. Os eleitores responsáveis expurgarão em 2010 os nefastos políticos que hoje ocupam o Legislativo e o Executivo.
Paulo Cherem
Rio de Janeiro (RJ)
09/06/2009
Orgulho das Forças Armadas
Fico com orgulho quanto assisto pelos telejornais as Forças Armadas Brasileira trabalhando diuturnamente à procura dos destroços e os corpos dessa tragédia com o avião Airbus da Air France, realizando um trabalho impecável e incansável, mostrando ao Brasil e ao mundo um profissionalismo incomensurável. Sei que nosso Pai Celestial está voltado com sua mão para esses bravos soldados e para as famílias que perderam seus parentes.
Paulo Roberto de Oliveira
Brasília (DF)
10/06/2009
França elogia militares brasileiros
Apesar dos disparates do ministro Nelson “Jim das Selvas” Jobim (Defesa), virou unanimidade entre os leitores dos principais jornais franceses a atuação da Marinha e da Aeronáutica do Brasil na tragédia do voo 447. São só elogios pela rapidez e seriedade de nossos militares, ironizando a lentidão nas buscas do governo francês com mais recursos e equipamento moderno. Muitos agradecem, comovidos, aos brasileiros.

11/06/2009As Forças Armadas merecem mais
É bom saber que a França elogia os militares brasileiros pela conduta no resgate dos corpos do acidente do Airbus francês. Pena que nossos governantes, a começar por FHC, detonaram as nossas Forças Armadas. Nossos militares não merecem o tratamento recebido pelos últimos presidentes. Aliás, não merecem ter um Ministro da Defesa da estatura de Nelson Jobim, que só é grande no tamanho. Lamentavelmente...
Adilson Minossi de Oliveira
Florianópolis (SC)
11/06/2009
O elogiável trabalho dos militares
Muito obrigada pelo reconhecimento do trabalho feito pelos militares da Aeronáutica e da Marinha brasileiros no resgate das vítimas e destroços do Air France 447. Poucos sabem, mas os profissionais que lá estão, todos, cumprindo com extremo profissionalismo, dedicação e dignidade, não recebem hora-extra, índice de periculosidade, índice de insalubridade etc e trabalham com tecnologias e equipamentos que não estão entre os mais avançados do mundo...
Julieta Pedrosa
Brasília (DF)
12/06/2009
Os elogios da França
Quando li notícia sua relatando que os franceses estavam elogiando as Forças Armadas, não me contive e entrei em vários site da França. Eu realmente estou impressionado como o povo francês se manifestou e se derreteu em elogios. Santo de casa não faz milagres. Só neste nosso País os governantes não entendem o significado de defesa (FHC e Lulla). Salários baixos, equipamentos sucateados, mas, acima de tudo, competentes. Felizmente, quem nos elogiou foi um povo do 1º mundo.
Eduardo Passos
Brasília (DF)
12/06/2009
Cumprimentos às Forças Armadas
Queria parabenizar as Forças Armadas pelo belo empenho no resgate dos corpos e destroços do avião francês, apesar de estarem com equipamento sucateado! O sucateamento deu-se nos governos de FHC e de Lula por não gostarem das Forças Armadas e por isso deixaram de investir nelas. Espero que o próximo governo seja mais inteligente e invista nas nossas Forças Armadas, precisamos delas precisaremos sempre!
Irineu Deliberali
Tubarão (SC)
12/06/2009A abnegação da Marinha no resgate
Prezado Cláudio Humberto, para um perfeito formador de opinião, gostaria de lembrar a atuação humanitária, firme, adequada e solidária dos integrantes das Forças Armadas, que há mais de dez dias atuam na tarefa de localizar e resgatar os destroços do avião da Air France e dos restos mortais dos passageiros. É nessas ocasiões que os militares provam sua abnegação e dedicação ao serviço. Sempre prontos e alerta, dispostos a cumprir suas atribuições sem reclamar e sem pestanejar. Há mais de dez dias arriscam suas vidas em bom tempo ou sob condições adversas, sem descanso e sem reivindicar "horas extras". Sem "extraordinários" e sem "fins de semana". Sempre a postos. Os da Marinha, especialmente sob mau tempo, guarnecem embarcações miúdas e se arriscam em águas oceânicas para resgatar os objetos e cadáveres, já em decomposição, localizados pelas aeronaves da FAB, arriscando-se a contaminarem-se e até mesmo a caírem ao mar das embarcações. Utilizam em sua missão meios já em obsolescência, totalmente inadequados para a tarefa que desempenham. No local está, inclusive, uma corveta, a V-19 "Caboclo", com mais de 55 anos de serviço, pois foi incorporada em 1954. Nada reivindicam além do reconhecimento da sociedade, uma vez que o governo irresponsável, e uma parcela da mídia que o acompanha, insiste em negar sua necessidade, classificando-os de inúteis, reduzindo, ano a ano o orçamento das Forças Armadas, tornando seus meios ultrapassados, reduzindo o adestramento de seus integrantes e, mais ainda, e mais grave, sufocando-os com salários a cada ano mais baixos e degradantes. Para cumprir sua tarefa, partiram dos portos imediatamente, sem titubear, deixando suas famílias entregues a si mesmas, sem nem mesmo despedir-se delas e sem saber quando retornariam. Os da Marinha seguindo o lema estampado em todos os Navios "Tudo pela Pátria". Saudações,
Adalberto Nunes Neto, Capitão de Mar-e-Guerra
Rio de Janeiro (RJ)
13/06/2009Resgate do vôo 447: show de eficiência
Elogiada na França, a eficiência da Marinha e da FAB ganha contornos de heroísmo. Além de fazerem funcionar navios gravemente atingidos pelos cortes de verbas, os militares abrem mão até de suas vidas: a tripulação da fragata Constituição, por exemplo, estava há 70 dias fora de casa, no Rio, retornando de exercício nos Estados Unidos, quando seguiu de Salvador para a área da tragédia. Por tempo indeterminado.

13/06/2009
Outro milagre
A corveta Caboclo, que saiu de Maceió e foi a primeira a resgatar corpos de vitimas, é um milagre da Marinha: funciona há 55 anos.
Custo alto
As fragatas Constituição e Bosísio consomem, cada uma, 30 mil litros de combustível por dia na operação de resgate.

13/06/2009Militares de parabéns
De parabéns estão nossas Forças Armadas, lutando bravamente, sem reclamações e sem pretender "aparecer" na mídia a qualquer custo como alguns personagens conhecidos. Se os políticos brasileiros tivessem pelo menos uma pequena centelha dessa brava gente, honesta, desprendida, atuante e patriota, nosso país seria outro. Está em nossas mãos mudar os destinos de nosso rico e espoliado Brasil. Renovação 100%. Vamos colocar somente políticos novos, sem vícios. Se não prestarem, trocamos de novo!!
Luiz Peixoto
Fortaleza (CE)
COMENTO: encerradas as operações de busca, os militares - particularmente os da FAB e da Marinha - podem se preparar para o desencadeamento de alguma "investigação" voltada à tentativa de macular a imagem dessas Instituições. Boa parte da canalha hoje no "pudê", assim como grande parte dos profissionais da imprensa aliados daqueles, não podem aceitar o fato do profissionalismo dos militares sustentar a aprovação dos mesmos pela sociedade e isto ser um fator de resistência das Instituições Castrenses ao trabalho revolucionário de aliciamento socialista. Não se surpreendam se os ataques tiverem origem no interior do desgoverno federal.

Nenhum comentário: