quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Agora a Inês é Morta

.
O ex-procurador-geral da União Jefferson Carlos Carús Guedes é vítima do “estado policial”. Ele teve de se demitir em novembro em meio a denúncias que agora se revelaram infundadas. Ontem, o Tribunal Regional Federal anulou o processo em que ele sequer teve direito à defesa prévia.
Fonte: Coluna do Claudio Humberto - 19 Fev 09
COMENTO: Sobre o caso, procurei na internet mais alguma coisa sobre o assunto e encontrei centenas de artigos contando sua desdita, inclusive, diversos comentários de pessoas que o conhecem, dando depoimento sobre sua integridade moral.
O volume de notas encontradas demonstra que a indiciação - como desdobramento de investigação da Polícia Federal exatamente sobre corrupção - foi amplamente divulgada, com ênfase ao fato de ser ele o criador de uma equipe anti-corrupção na Procuradoria-Geral da União, insinuando carência de probidade na tal equipe.
Talvez não tenha sido persistente o bastante na busca, mas sobre a anulação do processo, nada encontrei no dia de hoje.
Terá sido o ex-procurador vítima de alguma armação exatamente por agir contra a corrupção?

Nenhum comentário: