sábado, 31 de janeiro de 2009

Transmutação Quântica da Consciência das Zaméricas

por Adriana Vandoni
No Fórum Social Mundial manifestantes protestaram contra a crise. Eles terminantemente rejeitam a crise mundial e exigem o imediato fim dela. Justo, justíssimo. Alguns carregaram faixas dizendo que não aceitam pagar pela crise inventada pelo império. É por isso que eles abominam a globalização (outra invenção do imperialismo norte-americano, entende?).
A globalização está na origem dessa crise, afinal é ela que faz com que os países ricos comercializem com países pobres criando uma situação de exploração. Deixa ver se entendi. É GLOBALIZAÇÃO comercializar com países ricos, comprar produtos de grife e tals; mas a comercialização de produtos ordinários e de gosto duvidoso lá no mercadinho do fórum é INTEGRAÇÃO. Hummm.
Depois da manifestação os críticos do capitalismo foram lanchar no McDonald's.
Ô povo doido, meu...
Lula foi lá, enalteceu-se e criticou os países ricos, o Banco Mundial e o FMI. Explicou aos ouvintes: Hugo, Lugo, Evo e Rafael, que “A crise não nasceu por causa do socialismo bolivariano do Hugo Chávez. Não nasceu das brigas do Evo Morales.” Well, desde o Fórum de 2005, em Porto Alegre, que a proposta é democratizar a OMC, o FMI e o futebol. Juropordeus! O futebol. E tem mais, eles queriam também transferir a sede da ONU de Nova Iorque para Caracas. Acho que ainda não conseguiram.
E não querem que eu ache graça...
Hugo enalteceu-se e disse não tem grandes esperanças em Obama, defendeu que “Bush seja julgado por uma corte internacional por genocídio”. Lugo enalteceu-se e cobrou uma democratização do contrato de Itaipu, “um tratado leonino firmado no tempo da ditadura”. Evo enalteceu-se e afirmou que as zaméricas estão mudando e que “jamais haverá traição na luta contra o imperialismo norte-americano.” Rafael enalteceu Hugo e sentenciou: “Davos é culpado pela crise e não pode dar lição de moral”. E pensar que eles que comandam as zaméricas...
Uai... Senti falta a Maga Patológica da Argentina!
Eu, como sou mais radical que o pessoal da aldeia de lá, acho que as zaméricas deveriam romper todos os acordos comerciais com esses países imperialistas. Vamos ficar nós e nós. Comercializando nós com nós mesmos. Só quero ser avisada a tempo de arrumar minhas malas.
Minc - o “Homem ONG”, decretou guerra aos agrotóxicos e anunciou uma “ofensiva”, proposta totalmente aceita por Marina – a “mulher ONG”. Dilma – a “Mulher Boneca”, disse que ainda não é candidata porque ele, Lula, ainda não conversou com ela, Dilma. O movimento Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB), que eu nunca soube que existia, mas existe, apresentou o projeto: "Ações pela Vida", exigindo a legalização do aborto!?!? Vai compreender...
E daí eu fico aqui né, com cara de ponto de interrogação e exclamação ao mesmo tempo, aguardando notícias das próximas palestras: “Ecopedagogia e a práxis da Cultura da Sustentabilidade”; “Sustentabilidad de la vida y espiritualidades” e a mais apropriada para a ocasião: “Luta Antimanicomial e Psicologia”.
Uma grande evolução! Em 2005, eles propuseram a "transmutação da consciência através da arte, explicando à população os novos paradigmas e a física quântica". Até hoje eu não entendi.
Adriana Vandoni é Economista e
Especialista em Administração Pública pela FGV.
Site:  
www.prosaepolitica.com.br
Fonte: Alerta Total
COMENTO: dependendo da qualidade dos 600.000 preservativos distribuídos aos participantes de tão significativo conclave, veremos em nove meses o resultado da "transmutação quântica" entre eles, bem como as ações práticas do tal projeto "Ações pela Vida", com farta derrama de fetos pelo "outro mundo possível".

Nenhum comentário: