quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Lula Vai Botar Crise no Colo dos Empresários.

.
Lula não tem nada de bobo. Vai reunir os maiores empresários para dizer que as demissões que virão com a crise são um problema deles e não do seu governo.
O vice empresário terminal, dono de uma empresa - a Coteminas - que levou a maioria dos empregos de Minas para a China, já deu o tom da conversa: "Eu tenho feito esse apelo lá em São Paulo porque quando ocorre um problema de retração tem que haver ajustes nas empresas. Queremos solicitar e alertar que esses ajustes não podem começar pela dispensa de um pai de família. É preciso que as empresas façam todo o possível para, (apenas) em último extremo, dispensar pessoas", disse José Alencar.
Uma forma de evitar desemprego de operários é botar no olho da rua os 50.000 companheiros que Lula botou a mamar nas tetas do estado. É cortar os gastos do seu governo, que aumentaram a uma taxa absurda de mais de 10% ao ano. Mas sobre isto ninguém fala.
Talvez apareça algum empresário para, nesta reunião, contrapor duramente este discurso demagógico. Poderá, se assim fizer, até sair candidato à presidência da república. Já que não existem mais políticos confiáveis, quem sabe não aparece um valente para botar o dedo na cara do imbecil?
..................................................................................
Vejam quantos funcionários a Coteminas demitiu em fevereiro passado, quando não havia crise. Como é que o vice-presidente tem a cara de pau de dar este tipo de declaração? Lembram das 2,75 milhões camisetas do PT, aqueles R$ 12 milhões sem nota, de quem foram compradas? Da Coteminas do José Alencar.

Nenhum comentário: