quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Jornalismo Brasileiro: Covardia sem Fronteiras.

.
Este post é para você, jornalista de carteirinha, que trabalha na Folha, no Estadão, no Correio Braziliense, n'O Globo, na Zero Hora, no Estado de Minas, na Rede Globo, na Band, na Record, em qualquer veículo que possua edição diária e que cobriu a Cúpula América-Latina e Caribe, além de estar cobrindo, hoje, a visita de Raúl Castro ao Brasil.
Você, que tanto saudou a sapatada do jornalista iraquiano em George W. Bush, teria coragem de jogar o seu mocassim na cara de um ditador que mantém presos 23 colegas jornalistas apodrecendo nas masmorras cubanas?
A propósito: você é mesmo um jornalista? Ou é simplesmente um covarde?
Fonte: Coturno Noturno
COMENTO: Além de tudo, nossa imprensa politicamente correta insiste em chamar de "presidente" o ditador, eleito somente pelo voto de seu irmão mais velho para continuar a dinastia que impera no "paraiso socialista", terra dos sonhos da esquerdalha. Aliás, Cuba é, segundo alguns "socialistas", a melhor terra do mundo ... para a gente sentir saudades!!
.

Nenhum comentário: