sábado, 18 de outubro de 2008

Lula, Por Que Não Te Callas??

As bobagens de Lula – Presidente deve desculpas a São Paulo
Na Folha On Line:
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou neste sábado que o governador José Serra (PSDB) cometeu uma "heresia" ao associar o PT à greve dos policiais civis de São Paulo. O presidente disse esperar que Serra peça desculpas pelas declarações. Na última quinta-feira (16), uma manifestação de policiais civis - que estão em greve desde o dia 16 de setembro - em frente ao Palácio dos Bandeirantes, terminou em violência. A polícia militar impediu os manifestantes de se aproximarem da sede do governo e reprimiram o protesto com gás e bombas de efeito moral. Pelo menos 30 pessoas ficaram feridas.
Na ocasião, Serra acusou os partidos políticos PT e PDT e as centrais sindicais de serem responsáveis pela manifestação e disse que a participação das entidades ocorreu para aproveitar o movimento eleitoral.
"Quem não quer ser cobrado pelo povo, que não seja governo, porque o povo cobra", disse o presidente durante ato de campanha de Marta Suplicy (PT) à Prefeitura de São Paulo.
Lula foi mais direto nas críticas ao governador ao dizer que espera ouvir um pedido de desculpas do governador. "Eu espero que, em algum momento, o governador de São Paulo peça desculpas por esta heresia."
Comento (Reinaldo Azevedo): Lula é a maior evidência da exploração política do ato protagonizado por sindicalistas terroristas. A atuação do PT, da CUT e da Força Sindical está documentada. Publiquei aqui o discurso de Paulinho da Força, marcando a data da arruaça, combinando os seus detalhes. A imprensa só não deu destaque àquela fala delinqüente porque está um pouquinho narcotizada pelo PT, como sempre.
Quem deve desculpas aos paulistanos é o PT. Por apoiar uma mobilização armada contra a ordem instituída. Enquanto aqueles senhores investiam contra a Constituição, certamente bandidos se aproveitavam da situação. Lula está flertando com o terrorismo. Nós vimos o que aconteceu com um bêbado que invadiu a área de segurança do Palácio da Alvorada: levou tiros. Imaginem o escarcéu se fosse no governo FHC. Acho que os militares cumpriram o seu dever. No Alvorada e no Morumbi.
Um bêbado leva a segurança de Lula a atirar para ferir mesmo, como foi feito. Mas Serra deveria ser condescendente com centenas de pit bulls armados até de escopeta. Ademais, quem protagonizou aquela baixaria perigosa não foi o “povo”, não, senhor. Foram o PT, a CUT, a CGT e o deputado Paulinho da Força.
É imoral, indecente, sintoma de decadência institucional, que um coronel da PM tenha sido ferido a bala por um dos terroristas, e o presidente da República não diga uma só palavra de censura ao ato tresloucado. Ao contrário: chamou tudo de “confronto entre as polícias”. Confronto entre polícias é o escambau! De um lado, estava a lei; do outro, uma variante do crime organizado. Aquilo não era a Polícia Civil. A Polícia Civil é órgão de respeito.
Lula deve desculpas a São Paulo. A cidade o estado repudiam os métodos do seu partido.
COMENTO (editor do blog): O Bebum Apedeuta agora considera a si próprio e a sua quadrilha como seres divinos. Qualquer "ofensa" aos seus dogmas é "HERESIA". Haja estômago para aguentar essa toupeira!!!!

Nenhum comentário: